Abrir menu principal

Wikipédia β

Unionismo na Irlanda

(Redirecionado de Unionismo (Irlanda))

Unionismo na Irlanda é uma crença na conveniência de um completo relacionamento constitucional e institucional entre a Irlanda e a Grã-Bretanha baseado nos termos do Ato de União de 1800 o qual fundiu ambos os países em 1801 sob a forma do Reino Unido. A expressão deve sua origem às campanhas feitas pelos opositores da autonomia irlandesa em fins do século XIX e início do século XX para evitar a criação de um parlamento autônomo totalmente irlandês dentro do Reino Unido. Por causa do seu desejo de manter o Ato de União como ele havia sido criado em 1800, sem qualquer sistema de delegação, tornaram-se conhecidos como unionistas.

Alguns acreditam que a oposição unionista à autonomia não era baseada simplesmente no desejo de uma estrutura diferente de governança, mas refletia uma diferença fundamental em perspectivas, crenças, definição e cultura entre os nacionalistas e os unionistas irlandeses. Por outro lado, os nacionalistas eram predominantemente, mas não exclusivamente, católicos, enquanto os unionistas eram predominantemente, mas não universalmente, protestantes. Alguns eram descendentes de colonos ingleses e escoceses que chegaram à província do Ulster, especialmente da plantation do Ulster, a partir do início do século XVII.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Livros e reportagensEditar

  Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.