Universalidade da Internet

conceito

A universalidade da Internet é o conceito de que

a Internet é mais do que uma infra-estrutura e aplicações, é uma rede de interações e relações econômicas e sociais que têm o potencial de fortalecer os direitos humanos, e capacitar indivíduos e comunidades.,[1][2]
The principles of Internet Universality

Este conceito é baseado em quatro princípios fundamentais para o desenvolvimento da Internet, resumidos pelo acrônimo DAAM, do inglês "R-O-A-M":[3]

D - a Internet é baseada em Direitos Humanos
A - a sua arquitetura é Aberta
A - deve ser Acessível a todos e
M - é alimentado e articulada pela participação de múltiplos atores

Entender a Internet dessa maneira reúne diferentes facetas de seu desenvolvimento que se preocupam com tecnologia e políticas públicas, direitos e desenvolvimento.

ReferênciasEditar

  1. UNESCO 2015, "Universalité de l'internet"
  2. «Internet Universality». UNESCO. 10 de julho de 2017. Consultado em 1 de dezembro de 2018 
  3. Keystones to foster inclusive Knowledge Societies (PDF). [S.l.]: UNESCO. 2015. 107 páginas 

FontesEditar

  Este artigo incorpora texto de um trabalho de conteúdo livre. Licenciado em CC BY SA 3.0 IGO Declaração da licença: Keystones to foster inclusive Knowledge Societies, United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization, UNESCO. http://www.unesco.org/new/en/communication-and-information/crosscutting-priorities/unesco-internet-study/. Para aprender como acrescentar texto de licenças livres a artigos da Wikipédia, veja em agregar textos em licença livre na Wikipédia. Para mais informações sobre como reutilizar texto da Wikipédia, veja as condições de uso.