Abrir menu principal

Índice

Parte IEditar

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Por que você começou a participar da Wikipédia Lusófona? Quais foram as suas motivações? Elas são as mesmas?

Deyvid Setti: Porque nós queremos um Brasil de ordem e progresso. Mas minhas motivações foram: eu sou um rato de biblioteca, tenho uma mini biblioteca em casa, gosto muito do que faço, embora na verdade também eu tenho as minhas limitações de comportamento. As respostas que estão neste projeto, servem de informação às perguntas dos programas intelectuais do SBT, tais como Um Milhão na Mesa. Outro motivo que me levou a ter a minha enciclopédia impressa em português, no nosso primeiro computador, por ocasião de instalação do equipamento de CD-ROM, veio junto um CD-ROM da Compton's Interactive Encyclopedia em 1994, depois que abandonei a Escola Tempo de Crescer (onde eu estudava e é hoje o restaurante Hora Extra em frente aos Correios do bairro do Bacacheri, Curitiba, Paraná, Brasil). Abandonei a escola especial porque comecei a lidar com informática, aprendi história e geografia com meu irmão (que atualmente está cansado de ouvir sobre assuntos enciclopédicos), sabia mais que os professores, tanto é que a escola especial não conseguia mais atender às minhas necessidades de superdotado, não há mais instituição de ensino para o meu caso. Outros falsos motivos foram crises de autismo, síndrome de Asperger, medo dos colegas, agressão física no canto da boca e incompetência participativa. Depois da instalação do CD-ROM da Compton's, surgiu a ideia de criar um projeto de enciclopédia denominado Almanaque Sebraein, uma forma de tradução lusófona da Compton's. Mas esse império acadêmico foi deletado do meu computador por falta de dinheiro, profissionalismo e de tradutores juramentados para trabalhar conosco, como eu não sabia traduzir direito, tínhamos que frequentar uma biblioteca pública maior e eu só ia ler a Mirador Internacional no Farol do Saber Antônio Callado, lá próximo de onde eu morava. Dez anos depois da instalação do CD-ROM da Compton's, meu pai comprou uma coleção da Nova Enciclopédia Barsa de 1998. No ano seguinte, me registrei no projeto em que estou contribuindo na maior parte dos tempos.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Qual é a sua ocupação principal? Como você concilia as suas atividades offline com a construção da wiki-pt? (Horas dedicadas, finais de semana etc.)

Deyvid Setti: Como tenho síndrome de Asperger, trabalhar como editor de enciclopédias é minha tarefa principal, não tenho outro trabalho. Também me dedico à construção da wiki-pt todo o dia, quando eu não estou com preguiça nem tenho preocupações familiares e outros assuntos que me preocupam, como pouco dinheiro para realizar meus sonhos e o principal é morar numa casa triplex.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Como a participação online influencia a sua vida offline e vice-versa?

Deyvid Setti: Pra mim, quando não estou no computador, gosto de tirar fotos de construções residenciais/comerciais/industriais, zona rural e pontos turísticos de municípios, com apoio do meu pai, que me leva de automóvel. Fotografamos várias cidades do nosso país. Também vou à Biblioteca Pública emprestar livros que têm fontes adequadas para escrever meus artigos de história e geografia. Fotografo alimentos e objetos como computadores, carros, livros, bandeiras, máquinas agrícolas, animais, plantas, árvores, ferramentas, etc., que neste momento os usuários ainda não obtiveram as ilustrações. Dependendo da disciplina, as fotos que encontro nos livros me inspiram a tirar novas fotos ao ar livre.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Quais são as suas expectativas em relação ao projeto Wikipédia?

Deyvid Setti: Que favoreça o desenvolvimento sócio-econômico do Brasil através da educação, transformando num país de ordem e progresso, resolvendo assim os problemas que ainda existem, como corrupção, pobreza, violência, etc.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Na sua opinião, qual a significância da participação para os sujeitos dessa rede social (em geral)?

Deyvid Setti: É uma forma de contribuir para construímos uma Wikipédia com mais credibilidade e fonte confiável para pessoas do mundo lusófono.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Qual a significância da participação para você, particularmente?

Deyvid Setti: Primeiro, realização pessoal e aprendizado, podendo assim ensinar outros.

Parte IIEditar

A existência de conflitos é inerente a todas as interações sociais. Na Wikipédia, percebe-se como questão recorrente o conflito da diversidade da língua portuguesa. Apesar das três propostas formais de cisão, o projeto continua. Contudo, houve necessidade de intervenção do Board of Trustees.

Com base nisso:

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Você acredita que esse é um dos conflitos irresolvíveis e que podem decidir o sucesso ou o fracasso da Wikipédia Lusófona?

Deyvid Setti: Eu acredito que os conflitos podem ser resolvidos pelo bom senso e que isso não tira o sucesso da Wikipédia lusófona.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: O que indica para você a intervenção do Board of Trustees nessa questão?

Deyvid Setti: O Board of Trustees é o Conselho Diretivo, que gerencia a Fundação Wikimedia e coordena a disposição e a doação de obras livres e de domínio público. Acho que tem uma função relevante.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Você acredita que a autonomia da Wiki-pt é uma possibilidade real ou utópica? Por quê?

Deyvid Setti: Eu acredito que a autonomia da Wiki-pt é uma possibilidade real para a sociedade lusófona.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Estudos mostram que à medida que as Wikipédias (no mundo todo) evoluem, aparentemente níveis adicionais de autoridade têm surgido. Como você tem percebido essa tendência na wiki-pt e o que isso pode implicar para os famosos 5 pilares do projeto geral?

Deyvid Setti: Para entender melhor o que tu estás a me perguntar: a Wikipédia é uma fonte de conhecimento e informação, os assuntos não devem ser escritos de maneira controversa, as informações não devem violar os direitos autorais e devem ser citadas as fontes; é um lugar para se comportar como gente adulta. Não existem regras fixas, essas variam de acordo com o conhecimento de cada um e devemos adotar o bom senso. As variações nas contribuições são adequadas através da revisão e do aperfeiçoamento.

Parte III-AEditar

A estrutura do projeto wiki-pt mostra que as interações entre os wikipedistas acontecem, principalmente, nas páginas de discussão baseadas somente em texto e que não acontecem em tempo real.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Você acredita que isso facilita ou dificulta a construção, desenvolvimento e evolução do projeto? Em que sentido? Por favor, conte uma experiência particular para justificar a sua opinião.

Deyvid Setti: Eu acredito que isso facilita a construção, o desenvolvimento e a evolução do projeto, no sentido de parafrasear informações a partir de todo o tipo de publicação, seja livro, dicionário, enciclopédia, atlas, almanaque, jornal, revista e sites da Internet em geral.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Como você percebe que os wikipedistas compensam a falta de comunicação não-verbal nas páginas de discussão (gestos, expressões faciais, tom de voz, velocidade da fala, silêncio etc.)?

Deyvid Setti: É através da comunicação por escrito, eventualmente trocando arquivos gravados. A falta de expressão corporal não inviabiliza o entendimento.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Você acredita que as táticas não-verbais utilizadas, percebidas por você, têm funcionado bem ou ainda geram distorções e ambigüidades? Por favor, explique.

Deyvid Setti: Não vejo nenhum problema nisso, nada que essa falta prejudique meu trabalho.

Parte III-BEditar

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Há uma política oficial e um conjunto de recomendações na wiki-pt. O que você aprendeu quanto às regras que não estão escritas, mas que existem na prática na comunidade?

Deyvid Setti: Eu aprendi que o texto da seção de um artigo deve ser diferente do da introdução de um artigo secundário e que informações de um artigo devem ser pesquisadas numa biblioteca pública maior.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: O que os membros da Wiki-pt têm feito para tornar o projeto mais inclusivo, ou seja, mais pessoas participando em todos os lugares que se fala a língua portuguesa? Quais são as dificuldades de participação maior?

Deyvid Setti: Os wikipedistas dão sua contribuição e esperam que as pessoas utilizem essas informações para seu aprendizado. Infelizmente não podemos obrigar ninguém a ler nossos textos, mas à medida que melhoramos mais pessoas lêem e nossos artigos alcançam maior credibilidade.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: Sobre a “campanha pela paz” que existe na wiki-pt (por uma Wikipédia mais pacífica): Tem funcionado? Se for sim, como?

Deyvid Setti: É uma campanha positiva que contribui para o entendimento entre as pessoas. É complexo medir se funciona ou não, mas é positiva.

Maria Beatriz Almeida Sathler Bretas: O que mais precisa e pode ser feito? (Qual a sua sugestão para que isso seja realizado na prática?)

Deyvid Setti: Como a nossa enciclopédia é virtual, temos que continuar contribuindo com artigos positivos, divulgando o que pode ser usufruído pela sociedade. Essa é a forma de darmos nossa contribuição para a melhoria do conhecimento. Sendo virtual, de fácil consulta para quem tem acesso à internet, estamos democratizando o conhecimento.