Abrir menu principal
Vargas Neto
Nome completo Manuel do Nascimento Vargas Neto
Nascimento 30 de janeiro de 1903
São Borja, RS
Morte 05 de maio de 1977 (74 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileiro
Parentesco Sobrinho de Getúlio Vargas
Cônjuge Zulmira Carneiro Vargas
Ocupação Escritor
advogado
jornalista
Principais trabalhos Tropilha Crioula

Manuel do Nascimento Vargas Netto (São Borja, 30 de janeiro de 1903Rio de Janeiro, 5 de maio de 1977)[1]foi um poeta, jornalista advogado e radialista brasileiro.

Índice

BiografiaEditar

Família e juventudeEditar

Oriundo da família Vargas: o pai Viriato Dornelles Vargas foi prefeito de São Borja de 1911 a 1915, o tio Getúlio Vargas foi presidente do Brasil entre 1930 e 1945 e 1951 a 1954, realizou os estudos primários em sua cidade natal, cursando o secundário no Ginásio Júlio de Castilhos, na capital do estado. Em 1927 bacharelou-se em ciências jurídicas e sociais pela Faculdade de Direito de Porto Alegre.

Décadas de 1940Editar

Exerceu o jornalismo em Porto Alegre e no Rio de Janeiro. No Rio de Janeiro escreveu no Jornal dos Sports e no A noite. Foi o poeta regionalista mais expressivo do Rio Grande do Sul.

LivrosEditar

  • Tropilha Crioula, 1925, 1929. Ed Globo , Bertaso & cia.
  • Joá, 1928. Ed Globo , Bertaso & cia.
  • Gado Chucro, 1929. Ed Globo , Bertaso & cia.
  • General Vargas, 1943.
  • Tropilha Crioula e Gado Chucro, Coleção Província. Editora Globo. 1955, 1959.
  • Poemas Farrapos, ( com Luis Simões Lopes Neto) 1978 . Ed Civilização Brasileira.

BibliografiaEditar

  • Donaldo Schüler: A poesia no Rio Grande do Sul‎ . 1987
  • Mário da Silva Brito: Panorama da poesia brasileira: o modernismo. 1968.
  • Klaus Becker. Enciclopédia rio-grandense: Organização: Klaus Becker, Volume 3
  • Ari Martins. Escritores do Rio Grande do Sul‎. 1978.

Ligações externasEditar

Referências

  1. Mesquita. «Vargas Netto». CPDOC/FGV. Consultado em 18 de julho de 2017 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.