Abrir menu principal
Ventura Ledesma Abrantes
Nascimento 1883
Olivença
Morte 1956 (73 anos)
Cidadania Portugal
Ocupação político

Ventura Ledesma Abrantes (Olivença, 13 de maio de 1883Estoril, 12 de junho de 1956) foi um líder nacionalista português, fundador do grupo irredentista Amigos de Olivença[1].

Neto de uma portuguesa de Ponte de Sor e de um espanhol de Badajoz, fixados em Olivença, Ventura Abrantes nasceu no seio de uma família oliventina pró-portuguesa. A família acabou por decidir fixar-se em Portugal, segundo os seus biógrafos por ser mal vista pelas autoridades espanholas[2].

Em Portugal, Ventura Abrantes estabeleceu-se como livreiro, representando o país nas exposições livreiras de Sevilha, Barcelona e Florença[2].

Em 1938 fundou uma organização que daria origem, em 1945, ao Grupo dos Amigos de Olivença. Um de seus feitos mais notáveis na Questão de Olivença foi ter convencido o ministro da Justiça português, Manuel Gonçalves Cavaleiro de Ferreira, a conceder automaticamente a nacionalidade portuguesa a todos os oliventinos que o solicitassem[2][3].

O seu livro O Património da Sereníssima Casa de Bragança em Olivença, publicado em Lisboa por Álvaro Pinto em 1954[4], continua a ser um dos livros mais importantes sobre a história da Olivença portuguesa[5].

Algumas obrasEditar

  • Saudades da Terra das Oliveira (1932)
  • Olivença a Gloriosa (1933)
  • De Olivença a Marvão (1934)
  • A Santa Casa da Misericórdia da Vila de Olivença (1940)
  • A Não Esquecida (1943)
  • A Noite do Menino nas Terras de D. João II (1943)
  • A Defesa da Porta do Calvário da Vila de Olivença (1944)
  • Olivença, a Sombra da Saudade (1949)
  • Anais da Velha Vila de Olivença (1951)
  • Crónica Histórica e Bibliográfica da Vila de Olivença (1946)
  • O Património da Sereníssima Casa de Bragança em Olivença (1954)[6]

Referências

  1. «História do Grupo dos Amigos de Olivença». 2003. Consultado em 3 de outubro de 2015 
  2. a b c «Ventura Ledesma Abrantes (1883-1956)». 2003. Consultado em 3 de outubro de 2015 
  3. «Dezenas de espanhóis de Olivença adquirem nacionalidade portuguesa». Renascença. 26 de dezembro de 2014. Consultado em 3 de outubro de 2015 
  4. «O património da sereníssima Casa de Bragança em Olivença, seguido de apontamentos monográficos e notas etnográficas. Obra profusamente ilustrada da colecção iconográfica do autor». WorldCat. 21 de junho de 2010. Consultado em 3 de outubro de 2015 
  5. Carlos Luna (21 de junho de 2010). «Ventura Ledesma Abrantes – um português de Olivença». Estrolábio. Consultado em 3 de outubro de 2015 
  6. A fonte das obras de Ventura Ledesma Abrantes é a PORBASE, base de dados da Biblioteca Nacional de Portugal.