Ventura Corporate Towers

Complexo Ventura Corporate Towers

Ventura Corporate Towers é um arranha-céu composto por duas torres gêmeas, no Centro do Rio de Janeiro, situado na avenida República do Chile 330, entre a avenida República do Paraguai e a rua do Lavradio, em frente à Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro. Foi construído pelo consorcio Camargo Corrêa e Método em parceria com a Tishman Speyer, que investiram em conjunto 650 milhões de reais.

Selo verdeEditar

O edifício recebeu a certificação Leed (Leadership in Energy and Environmental Design)[1], conferido pela ONG americana U.S. Green Building Council, por atender a uma série de exigências sustentáveis para o edifício, entre elas o uso inteligente e racionalizado de água e energia, controle do descarte de entulho, reciclagem de lixo, etc.

Dentre os recursos para racionalização de energia, está o uso de vidros especiais que garantem iluminação natural e não esquentam tanto o interior do prédio, reduzindo gastos com ar refrigerado e luz.

Em conjunto com o Ventura Corporate Towers, o empreendimento reforçará o corredor comercial da Avenida República do Chile, formado pelo BNDES, Finep, Petrobrás e Caixa Econômica Federal.

A torre tem 146 metros de altura, contando com 5 subsolos, 36 andares e heliporto.

Ação com paraquedistasEditar

Em 2013, os paraquedistas Jokke Sommer e Ludovic Woerth ganharam notoriedade mundial após atravessarem voando o vão entre as torres gêmeas.[2][3]

Referências

Ver TambémEditar

Maiores arranha-céus do Brasil

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.