Abrir menu principal
Vestíbulo da vulva
Scheidenvorhof.jpg
Limite do vestíbulo vulvar (linha de Hart)
Latim "vestibulum vaginæ''
Gray assunto #270 1264

O vestíbulo da vulva (vestíbulo vulvar,[1] vestíbulo da vagina ou vestíbulo vaginal) é uma das partes constituintes da vulva, entre os lábios menores, onde se localizam as aberturas do meato urinário e da vagina. O seu perímetro é constituído pela linha de Hart. Representa a extremidade inferior do seio urogenital no estádio embrionário.[2]

Estruturas relacionadasEditar

Várias estruturas abrem para o exterior na área do vestíbulo vulvar, nomeadamente, a uretra, a vagina, as glândulas de Bartholin e a glândula de Skene.[2]

O orifício uretral externo (orificium urethræ externum; meato urinário) localiza-se a cerca de 25-30 mm[3] atrás da glande do clítoris e imediatamente frente ao orifício vaginal; assume geralmente a forma de uma curta fenda sagital com margens levemente elevadas. Perto deste estão as aberturas dos ductos de Skene.

O orifício vaginal é uma fenda mediana abaixo e atrás da abertura da uretra; o seu tamanho varia inversamente ao do hímen.

À esquerda e à direita do vestíbulo vulvar estão os lábios menores. De fronte a estes estão o prepúcio do clítoris, o frenulum clitoridis e a glande do clítoris. Posteriormente a estes, localiza-se a comissura dos lábios menores ou frénulo dos lábios menores.

A linha de Hart, que limita o vestíbulo, marca, a partir das bordas internas dos lábios menores, a transição da pele vulvar para a pele de transição mais suave da vulva. [4]

PatologiasEditar

A prevalência de dor no vestíbulo vulvar é relativamente comum. Um estudo da Universidade do Michigan revelou que cerca de 28% das mulheres já tinham sentido dor nessa região corporal no passado e cerca de 8% tinha sentido essa dor nos últimos seis meses.[5]

ReferênciasEditar

  1. Roger P. Smith; Paul Turek (28 de maio de 2015). Sistema Reprodutor - Volume 1: Coleção Netter de Ilustrações Médicas. [S.l.]: Elsevier Health Sciences Brazil. pp. 120–. ISBN 978-85-352-8252-8 
  2. a b Manual of Obstetrics. (3rd ed.). Elsevier. pp. 1-16. ISBN 9788131225561.
  3. BJOG: an International Journal of Obstetrics and Gynaecology May 2005, Vol. 112, pp. 643–646
  4. «Cópia arquivada». Consultado em 25 de março de 2016. Arquivado do original em 19 de agosto de 2014 
  5. Reed, BD; Crawford, S; Couper, M; Cave, C (2004). «Pain at the vulvar vestibule: a web-based survey.». Journal of Lower Genital Tract Disease. 8 (1): 48–57. doi:10.1097/00128360-200401000-00011. Consultado em 20 de abril de 2012