Vineque da Bulgária

(Redirecionado de Vineque)

Vineque[1] (em búlgaro: Винех; romaniz.: Vinekh) foi um cã búlgaro do século VIII. De acordo com a Nominalia dos Cãs Búlgaros, Vineque reinou por sete anos e era membro do clã Vokil, que é provavelmente a mesma família de seus antecessor. De acordo com a cronologia desenvolvida por Moskov, ele teria reinado de 754 a 762 enquanto que outras cronologias datam seu reino entre 756 e 762. Nenhuma delas, contudo, concorda inteiramente com a Nominalia.

Vineque da Bulgária
do Império Búlgaro
Reinado 756762
Antecessor(a) Cormiso
Sucessor(a) Teletzes
Morte 762
Dinastia Vokil

HistóriaEditar

Vineque ascendeu ao trono depois da derrota de seu antecessor, Cormiso, pelo imperador bizantino Constantino V Coprônimo, o que fez com que alguns acadêmicos assumissem que ele seria um usurpador. Por volta de 756, Constantino V invadiu a Bulgária por mar e por terra, derrotando o exército búlgaro liderado por Vineque na Batalha de Marcela (Karnobat). O cã derrotado tentou a paz e chegou a enviar seus filhos como reféns. Em 759, Constantino V invadiu a Bulgária novamente, mas, desta vez, seu exército foi emboscado nos passos de montanha de Stara Planina na Batalha do Passo de Rishki. Vineque não perseguiu a vitória e tentou novamente firmar a paz, o que enfureceu a nobreza búlgara e ele acabou sendo morto juntamente com sua família.

A compilação do século XVII dos búlgaros do Volga, Ja'far Tarikh, uma obra cuja autenticidade é disputada, apresenta Buneque (Vineque) como o filho de uma irmã de Corimdezes (Cormiso), que teria lhe passado o trono pacificamente.

Ver tambémEditar

Vineque da Bulgária
Nascimento:  ? Morte: 762
Precedido por:
Cormiso
Cã búlgaro
756–762
Sucedido por:
Teletzes

Referências

  1. Enciclopédia brasileira mérito. 19. [S.l.: s.n.] 1967. p. 221 

BibliografiaEditar

  • Mosko Moskov, Imennik na bălgarskite hanove (novo tălkuvane), Sofia 1988.
  • Jordan Andreev, Ivan Lazarov, Plamen Pavlov, Koj koj e v srednovekovna Bălgarija, Sofia 1999.
  • (fonte primária), Bahši Iman, Ja'far Tarikh, vol. III, Orenburg 1997.