Voltâmetro

O voltâmetro, também chamado coulombímetro, é um instrumento de medida usado para medir a carga elétrica. Não deve ser confundido com um voltímetro, o qual mede o potencial elétrico.

Uma versão de voltâmetro do século XIX.

A unidade internacional para a carga elétrica é o coulomb.

Tipos de voltâmetrosEditar

O voltâmetro é uma célula electrolítica e a medida é feita pelo peso do elemento depositado ou libertado no cátodo num tempo específico.

Voltâmetro de prataEditar

Este é o tipo mais preciso. Consiste em dois pratos de prata numa solução de nitrato de prata. Quando a corrente flui, a prata se dissolve no ânodo e se deposita no cátodo. Depois pesa-se o cátodo, e faz-se fluir a corrente durante um tempo específico, e depois volta-se apesar o cátodo, uma e outra vez.

Voltâmetro de cobreEditar

Este é similar ao de prata, mas o ânodo e cátodo são de cobre e a solução é sulfato de cobre, acidificada com ácido sulfúrico. É mais barato que o voltâmetro de prata mas menos preciso.

Voltâmetro de HofmannEditar

O ánodo e cátodo são de platina e para a solução usa-se ácido sulfúrico diluído. Liberta-se hidrogênio no cátodo para logo ser colectado num cano graduado para que seu volume possa ser medido. O volume é ajustado a pressão e temperatura regular e a massa do hidrogênio é calculada por seu volume. A este voltâmetro também se conhece como voltâmetro de Hofmann.

Equivalentes eletroquímicosEditar

O equivalente eletroquímico de um elemento é a massa desse elemento (em gramas) transportada por um coulomb de electricidade.

Elemento Equivalente eletroquímico
Prata 0,0011181
Cobre 0,0003281
Hidrogênio 0,0000104

NomeEditar

Michael Faraday usou, em algumas das suas experiências, um aparelho ao que chamou "volta-electrômetro", de onde derivou a "voltâmetro".[1][2]

Ver tambémEditar

ReferenciasEditar

  1. Frank A. J. L. James, (1991), The correspondence of Michael Faraday, IET, ISBN 0-86341-249-1, letter 872, 9/1/1836
  2. United States. National Bureau of Standards (1971). Precision Measurement and Fundamental Constants; Proceedings. [S.l.]: U.S. National Bureau of Standards. pp. 138–