Voo Aeroméxico 230

O voo Aeroméxico 230 foi um voo que, em 27 de julho de 1981, sofreu um acidente ao pousar no Aeroporto de Chihuahua. Um incêndio eclodiu e 32 pessoas morreram. O voo foi um avião a jato DC-9-32.

Voo Aeroméxico 230
O avião acidentado, em 1974.
Sumário
Data 27 de julho de 1981 (41 anos)
Causa Saída de pista por mau tempo durante o pouso
Local Aeroporto Internacional General Roberto Fierro Villalobos, Chihuahua, México
Origem Aeroporto Internacional Mariano Escobedo, Monterrey
Destino Aeroporto Internacional General Roberto Fierro Villalobos, Chihuahua
Passageiros 60
Tripulantes 6
Mortos 32
Feridos 34
Sobreviventes 34
Aeronave
Modelo McDonnell Douglas DC-9-32
Operador Aeroméxico
Prefixo XA-DEN
Primeiro voo 8 de abril de 1974

Sequência do acidenteEditar

O voo passou sem incidentes até o pouso em Chihuahua. Cumulonimbus, nuvens com fortes aguaceiros e chuva, se formaram durante a aproximação e o pouso. Ao pousar, o avião saltou e atingiu o chão; a aeronave saiu da pista, se separou e pegou fogo. 34 passageiros e tripulantes conseguiram fugir dos destroços; a fumaça e o fogo causaram a morte daqueles que foram presos.[1][2][3][4][5]

InvestigaçãoEditar

Está listado como um erro do piloto. Não se sabe se o capitão Víctor Manuel Ortigosa foi indiciado criminalmente.[6]

NotasEditar

Referências

  1. «Descrição do acidente» (em inglês). Aviation Safety Network (aviation-safety.net). Consultado em 19 de julho de 2020 
  2. «Aeromexico DC-9, registration number: XA-DEN, crashed at Chihuahua, Mexico causing the death of 32 passengers». dnausers.d-n-a.net (em inglês). Consultado em 19 de julho de 2020. Arquivado do original em 14 de março de 2012 
  3. «ACIDENTE de aviação mata 32 no México». Acervo Folha. Folha de S.Paulo. São Paulo, ano 61, nº 19.110. Primeiro Caderno, Exterior. p. 6. 29 de julho de 1981. Consultado em 7 de janeiro de 2022 
  4. «AVIÃO se desvia da rota, cai e mata 31 no México». Jornal do Brasil. Rio de Janeiro, ano XCI, edição 112. Primeiro Caderno, Internacional, p. 12 / republicado pela Biblioteca Nacional - Hemeroteca Digital Brasileira. 29 de julho de 1981. Consultado em 7 de janeiro de 2022 
  5. DESASTRE no México teve sobreviventes. Acervo O Globo. O Globo. Rio de Janeiro, ano LVII, nº 17.442. Primeiro Caderno, O Mundo, p. 16. 29 de julho de 1981 (é necessária uma assinatura para visualizar o artigo completo).
  6. «Hoy hace 34 años de la peor desgracia aérea en Chihuahua». Entrelineas (em espanhol). 27 de julho de 2015. Consultado em 19 de julho de 2020