Abrir menu principal

A vulcanologia' é uma disciplina das Geologia que se dedicar a estudar todos os aspectos dos fenômenos vulcânicos. A Vulcanologia lida com a formação, distribuição e classificação de vulcões, bem como com sua estrutura e os tipos de materiais ejetados durante uma erupção (como fluxos piroclásticos, lava, poeira, cinzas e gases vulcânicos). Também envolve pesquisas sobre as relações entre erupções vulcânicas e outros processos geológicos em grande escala, como placas tectônicas, construção de montanhas e terremotos.[1] Um dos principais objetivos desta pesquisa é determinar a natureza e as causas das erupções vulcânicas com o objetivo de prever sua ocorrência, outra preocupação prática da vulcanologia é assegurar dados que possam ajudar a localizar depósitos comercialmente valiosos de minérios, particularmente certos minerais de sulfeto.[1]

Um dos principais objetivos da vulcanologia é a previsão precisa e quantitativa dos perigos vulcânicos. Para este fim, os processos vulcânicos têm sido sujeitos a um intenso escrutínio, tanto no campo como no laboratório.[2]

Vulcanologia modernaEditar

 
Volcanologista examinando piroclasto no centro-sul Islândia.

Em 1841, o primeiro observatório vulcanológico, o Observatório do Vesúvio foi fundado no Reino das Duas Sicílias.[3]

Observações sísmicas são feitas usando sismógrafos implantados perto de áreas vulcânicas, observando o aumento da sismicidade durante eventos vulcânicos, em particular procurando por longos períodos de tremores harmônicos, que sinalizam o movimento magmático através de condutos vulcânicos.[4]

Referências

  1. a b Volcanology, Encyclopædia Britannica, 1/12/2017 (em inglês)
  2. Heidy M. Mader (2006). Statistics in Volcanology. [S.l.]: Geological Society of London. p. 9. ISBN 978-1-86239-208-3 
  3. Vulcani attivi, INGV
  4. Robert Decker and Barbara Decker, Volcanoes, 4th ed., W. H. Freeman, 2005, ISBN 0-7167-8929-9