Abrir menu principal
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, e ainda pode necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.

Wayne 'Skinny' Sisk (4 de Março de 1922 - 13 de Julho de 1999)[1] foi um suboficial da Easy Company, integrante da 101ª Divisão Aerotransportada do Exército dos Estados Unidos, na Segunda Guerra Mundial. Sisk foi interpretado por Philip Barantini na minisérie Band of Brothers.

Índice

JuventudeEditar

Sisk nasceu em 4 de Março de 1922 em Herndon, West Virginia.[1]

Serviço MilitarEditar

Sisk se alistou e foi voluntário para os paraquedistas. Ele foi enviado para Toccoa, Georgia para treinamento e designado para a Easy Company. Sisk, juntamente com Frank Perconte, Herman Hanson and Carwood Lipton, foram os primeiros quatro soldados da Easy Company.[2]

Sisk fez seu primeiro salto em combate na Normandia no Dia D e estava no mesmo avião de Walter Gordon. Ele deu um sorriso e quegrou a tensão antes do salto dizendo: "Alguém aqui quer comprar um bom relógio?"[3] Sisk lutou com sua unidade na Operação Market Garden e na Batalha do Bulge, nesta última foi atingido na perna por estilhaços durante o bombardeio por forças alemãs. Depois de tratar os ferimentos Sisk se juntou a unidade novamente.

Enquanto em missão de ocupação em Kaprun, o capitão Ronald Speirs ordenou ao primeiro sargento Lynch para reunir Sisk, Don Moone e Joseph Liebgott para encontrar e matar um oficial nazista que estava escondido numa fazenda nas proximidades. O nazista foi encontrado e baleado duas vezes por Liebgott, mas não foi morto. Após Moone se recusar a atirar, Sisk atirou e matou o oficial nazista.[4]

Últimos anosEditar

Sisk viveu em Raleigh e Wyoming toda a sua vida.[1] Após a guerra ele se tornou empreiteiro. Ele sofria com as lembranças da guerra e desenvolveu problemas com a bebida. Seu problema com a bebida foi resolvido após uma conversa com a sobrinha de quatro anos.[5]

Durante o conflito, Sisk prometeu a Deus que se sobrevivesse a guerra se tornaria reverendo.[6] Em 1949, ele foi ordenado como ministro da Igrea Batista.

ReferênciasEditar

  1. a b c Sisk's Obituary
  2. p.109, Brotherton
  3. Chapter 4, Ambrose
  4. Chapter 18, Ambrose
  5. Chapter 19, Ambrose
  6. p.163, Brotherton, 2011

BibliografiaEditar

  • Ambrose, Stephen E. (1992). Band of Brothers: Easy Company, 506th Regiment, 101st Airborne from Normandy to Hitler's Eagle's Nest. [S.l.]: Simon & Schuster. ISBN 978-0-7434-6411-6 
  • Brotherton, Marcus (2010). A Company of Heroes: Personal Memories about the Real Band of Brothers and the Legacy They Left Us. [S.l.]: Berkley Caliber. ISBN 978-0-425-23420-4