Nota: Para a série de televisão britânica, veja Years and Years.

Years & Years (abreviação: Y&Y) é um projeto britânico de música electro-pop fundado em Londres. Até março de 2021, faziam parte do projeto o vocalista e tecladista Olly Alexander, o baixista Mikey Goldsworthy e o tecladista Emre Türkmen.[1] Atualmente, Years & Years é um projeto a solo de Olly Alexander.[2] Years & Years tem um som alternativo, misturando electro-pop, R&B e house da década de 1990, sendo suas influências principais Flying Lotus, Diplo, Radiohead e Jai Paul. Em 2015, seu single "King", alcançou o topo da UK Singles Chart. Mais tarde, o single "Shine" alcançou o 2° lugar da mesma parada.

Years & Years
Years & Years
Informação geral
Origem Londres
País Reino Unido
Gênero(s) Synthpop, indie pop, electronica
Período em atividade 2010—presente
Gravadora(s) Polydor, Interscope
Afiliação(ões) Tove Lo, Clean Bandit, Kylie Minogue, MNEK
Integrantes Olly Alexander
Ex-integrantes Mikey Goldsworthy
Emre Türkmen
Página oficial yearsandyearsofficial.com

A banda alcançou a fama em 2015, depois de vencer o BBC Sound of 2015 e também mais tarde com o lançamento de seu primeiro álbum, Communion, que alcançou o 1° lugar na Reino Unido e na Irlanda[3] [4] [5] O álbum continha os hits "King" e Shine, tendo entrado no top 10 da Bélgica, da Polônia, dos Países Baixos, da Suécia, da Suíça, da Dinamarca, da Noruega, do Canadá e da Austrália e chegado ao primeiro lugar no Reino Unido e na Irlanda.[6] [7] [8]

No dia 18 de março de 2021, foi anunciado que Mikey Goldsworthy e Emre Türkmen deixariam o projeto e que continuariam se aventurando no mundo da música, mas desta vez como compositores e produtores independentes na carreira solo de Olly Alexander[9] e que a amizade dos três perdurava.

História

editar

Primeiros anos

editar

A banda foi formada em 2010, após o baterista Mikey Goldsworthy se mudar para Londres e conhecer Emre Türkmen em um site online.[10] Algum tempo depois, Olly Alexander foi chamado por Mikey para ser o vocalista principal da banda. O grupo originalmente era composto por cinco integrantes, com Noel Leeman e Olivier Subria[11]

2012: Communion

editar

O grupo então formado trabalhou de forma independente até 2012, quando lançou seu primeiro single, "I Wish I Knew", pela Good Bait. Sem obter qualquer resposta do público, Leeman e Subria deixaram o grupo um ano depois. Mas, como um trio, Years & Years assinou com a gravadora francesa Kitsuné Records e lançou dois extended play entre 2013 e 2014, chamados Traps e Real, que também não receberam boas respostas do público. Em 2014, o trio assinou com a Polydor Records e lançou os singles "Real", "Take Shelter" e "Desire", sendo "Desire" o único single que entrou nas paradas no Reino Unido, localizado na posição 20 e obtendo um disco de prata, depois de vender 200.000 copias.[12]

Em 2015, o trio chegou à fama com o lançamento de seu single "King" em fevereiro, que alcançou o topo no Reino Unido e esteve entre os dez primeiros na Alemanha, Austrália, Áustria, e Irlanda, além de receber numerosos discos de ouro e platina.[13] [14] [15] [5] . Quatro meses depois, o single "Shine" alcançou o 2° lugar no UK Singles Chart e conseguiu o disco de platina. [4] [8]. Como resultado, eles foram nomeados para o Critics Award no Brit Awards 2015, além de ganhar o prêmio "BBC Sound of ...". Finalmente, em 10 de Julho, o trio lançou seu primeiro álbum, Communion, que foi bem recebido pela crítica depois de acumular 68 pontos no Metacritic, além de ter alcançado o primeiro lugar e no Reino Unido e também na Irlanda, e os dez melhores Austrália, Canadá e Suécia.[4] [16]

Graças ao sucesso internacional que tiveram com o disco, o grupo foi premiado com o Breaking Borders Critics Award 2016 UK nos Breakers Awards European Border. Além disso, eles ganharam o prêmio de melhor artista internacional no MTV Video Music Awards Japan.[17] [18]

Ver também

editar

Referências

  1. [1], "Years & Years". Last.fm. 28 October 2014.
  2. Ferreira, Tiago (18 de março de 2021). «Banda britânica Years & Years torna-se num projeto a solo de Olly Alexander». CA Notícias. Consultado em 10 de outubro de 2021 
  3. [2], Rich Wilson. Years & Years biography. Allmusic
  4. a b c [3], Years & Years UK Charts History. 'Hung Medien
  5. a b [4], Irish Charts: Years & Years discography. Hung Medien
  6. [5], Offizielle Deutsche Charts. GfK Entertainment
  7. [6], Australian Charts: Years & Years discography». Hung Medien
  8. a b [7], British Certified Awards. BPI
  9. «Years & Years anuncia fim da banda e anuncia projeto solo de Olly Alexander». INDIE POP. 18 de março de 2021. Consultado em 20 de março de 2021 
  10. «Years & Years». The Line of Best Fit. Consultado em 6 de abril de 2016 
  11. «[LISTEN] Years & Years - I Wish I Knew :: Indie Shuffle». www.indieshuffle.com. Consultado em 6 de abril de 2016 
  12. [8], YEARS & YEARS TALK TOURS, 'REAL' SUCCESS, THEIR MUMS AND MORE.
  13. [9], Years & Years UK Charts History. Hung Medien
  14. [10], Australian Charts: Years & Years discography. Hung Medien
  15. [11] Arquivado em 2 de dezembro de 2013, no Wayback Machine., Gold/Platin Datenbank. Musik Industries
  16. [12], Billboard - Years & Years Chart History. Billboard
  17. [13], Years & Years win 2016 European Brder Breakers Award. Music Week.
  18. [14], WINNERS OF THE MTV VIDEO MUSIC AWARDS JAPAN 2015 ANNOUNCED. Arama Japan

Ligações externas

editar