Zacum[1] (em árabe: زقوم; romaniz.: Zaqqum) é uma árvore espinhosa que cresce no Jaanã, o inferno muçulmano. Possui fruto amargo e espinhoso e tem a forma de cabeças de demônios, chamadas guislins, que os condenados, Jatium, devem comer, aumentando seus tormentos.

Referências

  1. Nimer, Miguel. Influências orientais na língua portuguesa: os vocábulos árabes, arabizados, persas e turcos : etimilogia, aplicações analíticas. São Paulo: EdUSP. p. 216