Abrir menu principal

Ácido floroglucínico

composto químico
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Maio de 2012). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ácido floroglucínico
Alerta sobre risco à saúde
2,4,6-Trihydroxybenzoic acid.svg
Nome IUPAC 2,4,6-trihydroxybenzoic acid
Outros nomes PGCA
Ácido floroglucinol carboxílico
Identificadores
Número CAS 83-30-7
PubChem 66520
SMILES
Propriedades
Fórmula molecular C7H6O5
Massa molar 170.11954 g/mol
Ponto de fusão

100 °C (decompõe-se)[1]
205 °C (monoidrato)[2]

Solubilidade em água ligeiramente solúvel [1]
Solubilidade solúvel em etanol, solubilidade muito boa em éter dietílico, insolúvel em benzeno [1]
Acidez (pKa) 1,68 (25 °C)[3]
Riscos associados
Frases R R36/37/38
Frases S S24/25
Compostos relacionados
Outros aniões/ânions Ácido 2,4,6-trinitrobenzoico
Ácidos hidroxibenzoicos relacionados Ácido diidroxibenzoico (6 isômeros)
Ácido triidroxibenzoico (6 isômeros)
Ácido tetraidroxibenzoico (3 isômeros)
Compostos relacionados Floroglucinol (benzeno-1,3,5-triol)
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Ácido floroglucínico ou ácido 2,4,6-tri-hidroxibenzóico ou ácido floroglucinol carboxílico, é um Ácido tri-hidroxibenzoico, um tipo de ácido fenólico. É um produto da degradação da catequina excretada pela bactéria Acinetobacter calcoaceticus, uma espécie de bactéria parte da flora normal do corpo humano [4]. É também encontrada em vinhos.[5]


Referências

  1. a b c CRC Handbook of Chemistry and Physics, 90. Auflage, CRC Press, Boca Raton, Florida, 2009, ISBN 978-1-4200-9084-0, Section 3, Physical Constants of Organic Compounds, p. 3-502.
  2. Catálogo da Sigma-Aldrich, Ácido floroglucínico, consultado em 18 de maio de 2012 
  3. D'Ans-Lax: Taschenbuch für Chemiker und Physiker, 3. Auflage, Band 1, Springer-Verlag, Berlin-Göttingen-Heidelberg 1967 (ChemieOnline – pKb- und pKs-Werte).
  4. Degradation of (+)-catechin by Acinetobacter calcoaceticus MTC 127. M. Arunachalam, N. Mohan, R. Sugadev, P. Chellappan and A. Mahadevan, Biochimica et Biophysica Acta (BBA), Volume 1621, Issue 3, 11 June 2003, Pages 261-265, doi:10.1016/S0304-4165(03)00077-1
  5. HPLC separation of benzoic and hydroxycinnamic acids in wines. C. García Barroso, R. Cela Torrijos and J. A. Pérez-Bustamante, Chromatographia, Volume 17, Number 5, pages 249-252, doi:10.1007/BF02263033