Abrir menu principal

Área de Livre-Comércio entre a Associação de Nações do Sudeste Asiático e a Índia

A Área de Livre Comércio entre a Associação de Nações do Sudeste Asiático e a Índia' (AIFTA) é uma área de livre comércio entre os dez Estados membros da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) e a Índia. O acordo-quadro inicial foi assinado em 8 de outubro de 2003 em Bali, Indonésia.[1] e o acordo final foi celebrado no dia 13 de agosto de 2009.[2] A zona de comércio livre entrou em vigor em 1 de janeiro de 2010.[3][4] A Índia sediou a última Cimeira comemorativa ASEAN-India em Nova Deli, em 20-21 de dezembro de 2012. A partir de 2011-12, o comércio bilateral entre a Índia e a ASEAN foi de US$ 79,86 bilhões superando a meta de US$ 70 bilhões.

FundoEditar

A Área de Livre-Comércio entre a Associação de Nações do Sudeste Asiático e a Índia surgiu de um interesse mútuo de ambas as partes em expandir os seus laços econômicos na região da Ásia-Pacífico. A Política de atender o Leste, da Índia, foi correspondida por interesses semelhantes de muitos países da ASEAN em também expandir suas interações para o oeste, especialmente para o Subcontinente indiano.[5]

Depois da Índia tornar-se um parceiro de diálogo sectorial da ASEAN em 1992, a Índia viu seu comércio com a ASEAN aumentar em relação ao seu comércio com o resto do mundo.[6] Entre 1993 e 2003, o comércio bilateral entre a ASEAN e a Índia cresceu a uma taxa anual de 11,2%, passando de US $ 2,9 bilhões em 1993 para US $ 12,1 bilhões em 2003.[6] Grande parte do comércio da Índia com a ASEAN é dirigido para Singapura, Malásia e Tailândia, com quem a Índia mantém fortes relações econômicas.[5][7]

Em 2008, o volume total das relações econômicas entre ASEAN-Índia foi de US$ 47,5 bilhões. A exportação da ASEAN para a Índia foi de US$ 30,1 bilhões - um crescimento de 21,1 por cento em comparação com o ano de 2007. As importações da ASEAN da Índia foram de US$ 17,4 bilhões - um crescimento de 40,2 por cento em comparação com o ano de 2006. Quanto ao investimento estrangeiro direto (IED), a entrada de investimentos da Índia em países membros da ASEAN foi de US$ 476,8 milhões em 2008, representando 0,8 por cento do total de IED na região. O total de IED recebido pela Índia proveniente da ASEAN entre 2000-2008 foi de US$ 1,3 bilhão.[8][9][10]

Reconhecendo esta tendência e reconhecendo o potencial económico dos vínculos mais estreitos, ambos os lados reconheceram as oportunidades em aprofundar os laços comerciais e de investimento, e concordaram em negociar um acordo-quadro para pavimentar o caminho para o estabelecimento de uma Área de Livre Comércioentre a ASEAN e a Índia (FTA).[6]

Referências

  1. «Framework Agreement on Comprehensive Economic Cooperation Between the Republic of India and the Association of Southeast Asian Nations». ASEAN. 8 de outubro de 2003. Consultado em 7 de julho de 2016 
  2. «India, ASEAN Sign Free Trade Agreement». 14 de agosto de 2009. Consultado em 13 de agosto de 2010. Cópia arquivada em 27 de setembro de 2010 
  3. Vijian, P. (2 de janeiro de 2010). «Not All Easy As India-Asean FTA Comes Into Effect On Jan 1». Bernama. Consultado em 4 de janeiro de 2010 
  4. Limsamarnphun, Nophakhun. «World's largest trading zone creates a new era for industries, consumers». The Nation. Consultado em 4 de janeiro de 2010. Cópia arquivada em 10 de janeiro de 2010 
  5. a b Baru, Sanjaya (fevereiro de 2789). «India and ASEAN: The Emerging Economic Relationship Towards a Bay of Bengal Community». ICRIER  Verifique data em: |data= (ajuda)
  6. a b c «ASEAN-India Dialogue Relations». Consultado em 8 de fevereiro de 2013 
  7. Pal, Parthapratim; Mitali Dasgupta (novembro de 2008). «Does a Free Trade Agreement with ASEAN make sense?». Economic and Political Weekly. 43 (46): 8–12 
  8. Keck, Zachary (21 de dezembro de 2012). «India, ASEAN Celebrate 20th Anniversary With Two FTAs». The Diplomat. Consultado em 21 de dezembro de 2012 
  9. Sikdar, Chandrima; Biswajit Nag (novembro de 2011). «Impact of India-ASEAN Free Trade Agreement: A cross-country analysis using applied general equilibrium modelling». RTNeT 
  10. Pal, Parthapratim; Mitali Dasgupta (setembro de 2009). «The ASEAN-India Free Trade Agreement: An Assessment». Economic and Political Weekly. 44 (38): 11–15