Abrir menu principal

Árpád Szenes

pintor franco-húngaro
Árpád Szenes
Busto de Árpád Szenes
Nascimento 6 de maio de 1897
Budapeste
Morte 16 de janeiro de 1985 (87 anos)
Paris
Nacionalidade HungriaFrança Húngaro-francês
Área Pintura, gravura, ilustração, desenho

Szenes Árpád, também conhecido por Árpád Szenes, GCSEGCIH (Budapeste, 6 de maio de 1897Paris, 16 de janeiro de 1985) foi um pintor, gravurista, ilustrador, desenhista e professor húngaro, naturalizado francês em 1956.

Índice

BiografiaEditar

Sua trajetória artística ficou profundamente ligada ao mundo latino, devido — em grande parte — ao seu casamento em 1930 com a portuguesa Maria Helena Vieira da Silva, com quem realizou inúmeras viagens à América Latina para participar de exposições, como em 1946 no Instituto de Arquitetos do Brasil.

Devido ao facto de ser judeu e de sua esposa ter perdido a nacionalidade portuguesa, eram oficialmente apátridas. O casal decidiu então residir por um longo tempo no Brasil durante a Segunda Guerra Mundial e no período pós-guerra. No Brasil, entram em contato com importantes artistas locais, como Carlos Scliar e Djanira.

A ligação com Portugal reflete-se na existência da Fundação Árpád Szenes-Vieira da Silva, sediada em Lisboa.

 
Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva, Lisboa.

A 7 de Setembro de 1978 foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique e a 16 de Julho de 1988 com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada.[1]

Ligações externasEditar

ObrasEditar

 
Mural de azulejos na Estação de Metro do Rato, Lisboa, com base em pintura de Árpád Szenes de 1948


Referências

  1. «Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Arpad Szenes". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 17 de fevereiro de 2015 


  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.