Abrir menu principal

Ásia Latina foi um dos nomes dados pelos romanos à província da Ásia na Ásia Menor (Anatólia Ocidental), hoje parte da Turquia, também chamada Mikra Ásia. Foi a maior brevidade de posse do Império Romano no continente asiático.

Países latinos da ÁsiaEditar

Dois países da Ásia têm reconhecido a sua cultura latina, ambos os países são membros da União Latina, estes são Timor-Leste e as Filipinas.

Timor-LesteEditar

Timor-Leste, apesar de ser um país de língua portuguesa, a maior parte de sua população fala o tétum, língua com um grande número de palavras portuguesas emprestadas, bem como algumas características gramaticais. O português é também a língua oficial desse país, por causa da colonização portuguesa ocorrida na ilha. Por outro lado, Timor-Leste é um membro da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), também conhecida como a Comunidade lusófona mad in wikipédia

Recentemente, no Timor-Leste, o antigo primeiro-ministro Mari Alkatiri tem utilizado a expressão "Ásia Latina" para se referir à única cultura do seu país: "O primeiro-ministro convidou a visitar executivos para explorar o Timor-Leste e à experiência única cultural da Ásia Latina que pode ser encontrada aqui".[1]

FilipinasEditar

As Filipinas foram governadas pela Espanha durante três séculos até a invasão dos estadunidenses em 1898. É onde existem importantes populações que falam a língua espanhola. Várias línguas do espanhol crioulo são faladas nas Filipinas hoje, todos eles chamados Chavacano.

Estes são:

  • Chavacanos de Luzon:
    • Caviteño, falada no Cavite.
    • Ternateño, falado no Cavite.
    • Ermitaño, antigamente falado em Ermita, Manila, agora extinto.
  • Chavacanos de Mindanao:
    • Zamboangueño (360000)
    • Cotabateño
    • Davaoeño

As Filipinas são chamadas Ásia Latina, em certos círculos académicos, tais como a Igreja Católica e algumas ONGs. [2][3][4]

Embora em retiro de poucas décadas, devido à influência estadunidense, as Filipinas estão usando a sua influência cultural Latina como uma marca comercial para diferenciar as suas cidades de quaisquer outras cidades asiáticas. O caso mais representativo é Zamboanga, que foi dado o título de Cidade Latina da Ásia.[5][6]

O caso de MacauEditar

Macau pode ser considerado como parte da Ásia Latina até certo ponto: o português é uma das línguas oficiais de Macau. As ruas e todos os sinais de tráfego são em ambos os idiomas (o português e o chinês tradicional), existem estações de rádio que transmitem na língua portuguesa e existem jornais em língua portuguesa.

Embora o Português em Macau não seja muito utilizado hoje em dia, porém ainda é considerada a língua principal. É falada pela minoria dos macaenses. Na metade da cidade possuem textos em português e escolas tem como principais matérias o chinês e português.

Ver tambémEditar

Referências

  1. Timor-Leste is 'Open for Business', 28 de Novembro de 2005
  2. Kurt, james. The Vatican's foreign policy Arquivado em 23 de março de 2008, no Wayback Machine.. The National Interest, June 22, 1993
  3. Hulme D. & Edwards, M. Scaling up NGO impact on development: learning from Experience. Development in Practice, Volume 2, Issue 2 1992 , pages 77 – 91.
  4. Kurt, James. America’s Democratization Projects Abroad, The American Spectator, November 14, 2006.
  5. Covarrubias , S. Asia's Latin City, best brand for Zamboanga: Spanish journalist, Sun Star (Zamboanga), September 07, 2007
  6. Covarrubias , S. Zambo is accurately Asia’s Latin City: NCCA commissioner Arquivado em 15 de janeiro de 2008, no Wayback Machine., Sun Star (Zamboanga), November 16, 2007