β-Metilanfetamina

Β-Metilanfetamina
Alerta sobre risco à saúde
2-Phenyl-3-aminobutane.png
Nome IUPAC 3-fenilbutan-2-amina
Outros nomes B-metilanfetamina
Identificadores
Número CAS 589-08-2
PubChem 21906-17-2
SMILES
Propriedades
Fórmula química C10H15N
Massa molar 149.23 g mol-1
Página de dados suplementares
Estrutura e propriedades n, εr, etc.
Dados termodinâmicos Phase behaviour
Solid, liquid, gas
Dados espectrais UV, IV, RMN, EM
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

A β-Metilanfetamina ou 2-fenil-3-aminobutano é um estimulante da classe das fenetilaminas com propriedades farmacológicas semelhantes às do seu análogo fenpentermina.[1] Foi sintetizado pela primeira vez pelos cientistas alemães Felix Haffner e Fritz Sommer em 1939, como um estimulante com efeitos menos potentes, menor duração, menor toxicidade e menos efeitos colaterais em comparação com outras fenetilaminas disponíveis, a exemplo da anfetamina.[2]

O 2-fenil-3-aminobutano é proibido em alguns países por ser um isômero estrutural da metanfetamina.

Ver tambémEditar

Referências

  1. A Laboratory History of Narcotics. Volume 1: Amphetamines and Derivatives. [S.l.]: Lulu.com. 2007. 81 páginas. ISBN 978-0-615-15694-1 
  2. «Patent US 2356582 A - Stimulants suitable for combating symptoms of fatigue and process for their production». 22 de agosto de 1944. Consultado em 25 de julho de 2015 


  Este artigo sobre uma droga é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.