Abrir menu principal

Reticências

(Redirecionado de )
Question book-4.svg
Este artigo cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Outubro de 2008). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

As reticências são, na escrita, uma série de pontos (normalmente três, como "…") no fim, no início ou no meio de uma frase. A utilização deste gênero de pontuação indica um pensamento ou ideia que ficou por terminar e que transmite, por parte de quem exprime esse conteúdo, reticência, omissão de algo que podia ser escrito, mas que não é.[1]

Geralmente indica uma omissão intencional de uma palavra, sentença ou seção inteira de um texto sem alterar seu significado original.[2][3][4]

Uso e denominaçãoEditar

As reticências expressam uma interrupção na sequência lógica da frase começada, devido a elementos de natureza emocional, mas de modo a sugerir ao leitor as frases que faltam, ou uma ideia de ironia, ansiedade, malícia, etc.

Ausente dos teclados de computador, a forma encontrada para teclar este sinal ortográfico é clicando 3 vezes no "ponto final". No entanto, é possível escrever este sinal apertando uma sequência específica de teclas: Option+; (no Mac OS) ou a sequência Alt+0133 (no Windows), em ambos os teclados português e brasileiro.

HistóriaEditar

O verbo latino tacere significava "calar", permanecer em silêncio, e deu lugar ao verbo francês taire. Em nossa língua, derivam-se de tacere palavras como tácito e taciturno, além de reticência, uma figura retórica que consiste em deixar incompleta uma frase, dando a entender, no entanto, o sentido do que não se diz e, às vezes, muito mais.

A palavra reticência provém do latim reticere (calar alguma coisa), formada mediante tacere precedida do prefixo "re-", que neste caso tem o sentido de retrair-se para dentro. A troca de "a" para "i" na passagem de tacere a reticere chama-se apofonia e ocorre com frequência nas raízes latinas empregadas em línguas romances.

No contexto, é lida como etecétera, que provém do latim: et cætera = e algo mais continuado.

ExemplosEditar

No início de uma frase

…O garoto escova os dentes e vai para o colégio. Lá ele joga futebol.

No meio de uma frase

Marcos acorda às sete da manhã para ir à escola. (…) Lá ele joga futebol.

No fim de uma frase

Marcos acorda às sete da manhã para ir a escola. O garoto escova os dentes e vai para o colégio…

Como fazerEditar

Nem sempre é fácil encontrar no teclado o tipo certo para as reticências.

Atalhos do teclado num PC usando:

Unicode: U+2026

Windows: Alt + 0133

Mac OS X: Option + ;

GNU/Linux (usando composição): Compose, ponto, ponto.

Referências

  1. «ellipsis». The Free Dictionary 
  2. in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, 2008-2017, https://www.priberam.pt/dlpo/Retic%C3%AAncias ,[consultado em 03/04/2017]
  3. in INFOPÉDIA, Dicionários Porto Editora, https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/reticencias, [consultado em 03/04/2017]
  4. in Ciberdúvidas da Língua Portuguesa, https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/as-reticencias-em-poesia/28636, [consultado em 03/04/2017]