433 Eros

asteroide

433 Eros é um asteroide cujo nome foi dado em homenagem ao deus da mitologia grega Eros. É um asteroide de "tipo S" com dimensões de aproximadamente 13 × 13 × 33 km. É o segundo maior asteroide que passa próximo à Terra depois de 1036 Ganymed, ambos pertencentes ao grupo Amor. É um asteroide do tipo "Mars-crosser", pois foi o primeiro a ser identificado em órbita próxima a Marte. É um dos poucos asteroides com órbita também próxima à Terra com diâmetro maior que 10 km. Acredita-se ser maior do que o que caiu na península de Yucatán formando a cratera de Chicxulub à qual é atribuída a causa da extinção dos dinossauros.

Eros
433eros.jpg
433 Eros
Número 433
Data da descoberta 13 de Agosto de 1898
Descoberto por Carl Gustav Witt
Categoria Asteroide cruzador de Marte
Homenagem a Eros (mitologia grega)
Precedido por 432 Pythia
Sucedido por 434 Hungaria
Elementos orbitais
Semieixo maior 1,458 UA
Periélio 1,133 UA
Afélio 1,783 UA
Excentricidade 0,223
Período orbital 643,219 d (1,76 a)
Velocidade orbital 24,36 km/s
Anomalia média 343,4 °
Inclinação 10,829°
Longitude do nó ascendente 304,3 °
Argumento do periastro 178,8 °
Características físicas
Dimensões 13x13x33 km
Massa 7,2×1015 kg
Densidade média 2,4 g/cm3
Gravidade à superfície 0,0059 m/s2
Velocidade de escape 37,08 km/h km/s
Período de rotação 5,2656 h
Classe espectral Asteroide tipo S
Magnitude absoluta 11,16
Albedo 0,16
Temperatura -46 °C

O 433 Eros foi visitado pela sonda espacial NEAR Shoemaker que entrou em sua órbita em 15 de fevereiro de 2000 e aterrissou em sua superfície em 12 de fevereiro de 2001.

Esse asteroide foi descoberto em 13 de agosto de 1897 por Auguste Charlois.[1]

Referências

  1. «433 Eros». NASA. Consultado em 20 de abril de 2020 

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre 433 Eros
  Este artigo sobre asteroides é um esboço relacionado ao Projeto Astronomia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
431 Nephele | 432 Pythia | 433 Eros | 434 Hungaria | 435 Ella