Abrir menu principal

AMD FX É a série de microprocessadores AMD de alta tecnologia feito para computadores pessoais, estreando em 2011, a AMD FX compete diretamente com a linha de processadores de desktop intel core, principalmente após o lançamento da arquitetura sandy Bridge e ivy Bridge.[1][2]contudo, contrariando seus similares da intel, o processadores Fx não oferecem a parte gráfica integrada, um recurso reservado para sua linha de processadores APU. Quando foi comercializado, a AMD alegou que era o primeiro processador de desktop possuindo 8 núcleos nativo. [3] Em seu lançamento a série FX foi baseado na microarquitetura bulldozer e , em seguida, foi sucedido por um de seus derivados (Piledriver) a qual ambos utilizavam um projeto de módulo contendo dois núcleo a cada módulo. A próxima geração de arquitetura,Zen, será lançada em 2017 com SMT. permitindo duas threads por núcleo físico.[4]

FuncionalidadesEditar

Uma funcionalidade notável é que os microprocessadores AMD FX são todos desbloqueados para fazer overclock. Um recurso reservado para as tecnologias de alto nível com sufixo 'k' SKUs da Intel. Essa tecnologia permite aumentar a velocidade do clock de uma CPU para obter um maior desempenho. [5] As séries Fx são capazes de alcançar velocidade de clock mais altas do que seus similares da Intel. O recorde mundial de overclock foi alcançado em um FX-8370, a qual obteve uma velocidade de clock de até 8722.8MHz em nitrogênio liquido.[6]

Funcões (mencionadas na página oficial)Editar

CAPACIDADES E INSTRUÇÕES
  • AVX: As extensões de vetores avançadas aumentam o paralelismo para aplicações científicas e 3d usando calculo de ponto flutuante.
  • FMA4 e XOP: a multiplicação de vetores de de ponto flutuante aplicada e acumuladas melhora o rendimento e a eficiência em muitas funções de vetores de ponto flutuante e inteiros.
  • AES: o padrão de criptografia avançado aumento o rendimento das aplicações de criptografia como TrueCrypt® y PCMark®.
Cache AMD Balanceamento inteligente
  • Cache L3 compartilhado (até 8MB).
  • Capacidades melhoradas de planejamento e preleitura.
  • 64 vias (16 vias/subcache).
  • Maior tamanho de coleta de dados.
  • coerência para 8 núcleos.
  Acelerador de AMD de ponto flutuante
  • Planificador de ponto flutuante compartilhado
  • Motores de pontos flotantes duplos de 128 bits, capazes de alcançar instruções AVX de 256 bits e de operar de forma separada com cada núcleo
Tecnologia de HyperTransporte™
  • Um enlace de 16 bits de até 5600MT/s
  • Largura de banda de Eentrada/Saída HyperTransport™ de até 8.0GB/s; até 16GB/s no modo HyperTransport Geração 3.0
  • Até 37 GB/s de largura de banda total de processador a sistema (barramento HyperTransport + barramento de memória)
  Controlador DRAM integrado con a tecnologia AMD Memory Optimizer
  • Um controlador de memória integrada de grande largura de banda e baixa latência
  • Capacitado até DDR3-1866
  • Compatível com as novas memórias de baixa tensão de 1,35 V e 1,2 V
  • Até 29,9 GB/s de largura de banda de memória para DDR3
  • Comunicação direta de cada núcleo no módulo dual-core (registros APIC em cada núcleo)


MicroarchitecturaEditar

Bulldozer architectureEditar


NotasEditar

  • Mais Tarde a Amd reutiliza a nomeação Fx para alguns de seus processadores em seu socket FM2/FM2 + APU Lineup.

Veja tambémEditar

links externosEditar

ReferenciasEditar

  1. «AMD Ships First "Bulldozer" Processors». Consultado em 5 de dezembro de 2016 
  2. «AMD Ships First "Bulldozer" Processors». Consultado em 5 de dezembro de 2016 
  3. «AMD FX Processors». AMD FX 
  4. «AMD Zen Performance teased: everything you need to know». TrustedReviews. Consultado em 5 de dezembro de 2016 
  5. Torres, Gabriel (2 de outubro de 2013). «All AMD FX CPU Models». hardwaresecrets.com. Consultado em 6 de dezembro de 2016 
  6. «CPU FREQUENCY: HALL OF FAME». hwbot.org. Consultado em 6 de dezembro de 2016