AMD K6

(Redirecionado de AMD K6-III)

AMD K6 é um microprocessador lançado pela AMD em 1997, que podia ser instalado em placas-mãe desenvolvidas para modelos Pentium da Intel, sendo o sucessor do AMD K5.

Apesar do nome K6 sugerir que tenha se derivado do modelo K5, ele na verdade é um design completamente diferente, baseado no modelo Nx686 criado pela equipe da NexGen, e adaptado após a compra da NexGen pela AMD.[1][2]

K6-2Editar

 
Microprocessador AMD K6-2

O K6-2 foi um modelo de microprocessador x86 fabricado pela AMD em 28 de maio de 1998,[3] disponível em velocidades de clock entre 266 MHz e 550 MHz.

O K6-2 foi designado para ser um competidor dos significativamente mais caros e mais antigos Intel Pentium II. A performance dos dois chips eram equivalentes: os AMD K6 tendiam a serem mais rápidos em computadores de uso geral, e os Intel eram superiores em provas de FPU. O K6-2 foi um chip de sucesso que proporcionou uma base de mercado estável à AMD para a introdução da linha Athlon.

O K6-2 foi o primeiro processador a introduzir a instrução de FPU SIMD, chamada de 3DNow! pela AMD, que podia aumentar significativamente a performance de aplicações 3-D. Concorria diretamente com a similar, porém mais complicada SSE, conjunto de instruções criada pela Intel

Quase todos os K6-2 foram designados para utilizarem placas mãe Super 7 de FSB 100MHz, que proporcionavam uma melhora da performance do sistema. Em toda a carreira do K6-2, o K6-2 300 foi o que mais vendeu em sua categoria. Ele rapidamente estabeleceu uma ótima reputação no mercado e competia muito bem com o Intel Celeron 300A pelo mercado de performance razoável. O Celeron oferecia um cache menor, porém mais rápido e uma excelente unidade FPU; o K6-2 oferecia um maior e mais rápido acesso a memória RAM (cortesia das placas mãe Super 7) e a extensão gráfica 3DNow!. Ambos venderam muito bem e atraíram uma grande fatia do mercado (nesta época, o Pentium II mais rápido era pouco superior do que os concorrentes, mas muito mais caro).

K6-2+Editar

O K6-2+ possuía um cache integrado de 128KiB e fabricado em processo de 0,18µm (basicamente um AMD K6-III com a metade de cache L2). O K6-2+ foi projetado para computadores portáteis de baixa voltagem, e foi lançado quando os desktops caminhavam para novas tecnologias mais rápidas como o Athlon. Foi vendido em números modestos para o seu público alvo. O K6-2+ ficou praticamente na sombra dos seus familiares Athlon e K6-III (significativamente mais rápidos), do K6-2, mais lento, porém mais conhecido e com mais placas mãe compatíveis.

K6-IIIEditar

O K6-III foi um processador x86 lançado no mercado pela AMD em 22 de fevereiro de 1999.

Em sua concepção, o design era simples: era um AMD K6-2 com cache L2 embutido. Em execução, entretanto, o design revelou-se não tão simples, com seus 21.4 milhões de transistores. A pipeline era curta, comparada com a o Pentium III da Intel, e portanto o design não escalava bem acima de 500 MHz. De qualquer maneira, o K6-III vendeu bem, e foi claramente o chip x86 mais rápido do mercado quando foi introduzido, superando confortavelmente os AMD K6-2 e os Intel Pentium II.[4]

ModelosEditar

K6-2 (Chomper, 250 nm)Editar

 
A arquitetura do AMD K6-2.

K6-2 (Chomper Extended (CXT), 250 nm)Editar

K6-2+ (180 nm)Editar

K6-III (180 nm)Editar

 
A arquitetura do AMD K6-III.

Referências

  1. p. 48, "AMD 3DNow! technology: architecture and implementations", S. Oberman, G. Favor, and F. Weber, IEEE Micro 19, #2 (March/April 1999), pp. 37–48, doi:10.1109/40.755466.
  2. Who are the Computer Architects?, Mark Smotherman, Clemson University, updated June 9, 2010.
  3. «AMD Introduces AMD-K6®-2 Processor with New 3DNow!™ Technology». Advanced Micro Devices. 28 de maio de 1998. Cópia arquivada em 27 de março de 2012 
  4. AMD K6-3 Review - Windows 98 Performance Comparison by Anand Lal Shimpi on anandtech.com

Ligações externasEditar