Abrir menu principal
ANZUS / Tratado ANZUS
Tratado de Segurança do Pacífico / Tratado de Segurança entre Austrália, Nova Zelândia e Estados Unidos
Países signatários do Tratado ANZUS.
Tipo de tratado Aliança militar
Assinado 1º de setembro de 1951
Signatários  Austrália
 Estados Unidos
 Nova Zelândia
Língua Inglesa

ANZUS (das inicias dos topônimos na língua inglesa Australia, New Zeland e United States) é a sigla pela qual ficou conhecido o tratado celebrado por Austrália, Nova Zelândia e Estados Unidos da América, formando uma aliança militar defensiva no Pacífico Sul. Criada em 1951, com sede em Camberra, Austrália. Com a finalidade de uma aliança militar tripartite, comprometida a revidar qualquer agressão direta aos seus membros.[carece de fontes?]

O tratado foi uma das séries de acordos criados pelos Estados Unidos na era 1949-55 como parte de sua resposta coletiva à ameaça do comunismo durante a Guerra Fria.[1] A Nova Zelândia foi suspensa da ANZUS em 1986, após declarar as suas águas territoriais como uma zona livre de armas nucleares; no final de 2012 os Estados Unidos levantou a proibição de visitas de navios de guerra da Nova Zelândia que conduzem a um descongelamento das tensões. A Nova Zelândia mantém uma zona livre de armas nucleares como parte de sua política externa e não é parte do ANZUS, enquanto os Estados Unidos mantém uma política ambígua e a Nova Zelândia recomeçou a fazer parte das áreas-chave do tratado ANZUS em 2007 (hoje as reuniões bilaterais da ANZUS são realizadas entre Austrália e Estados Unidos apenas).[2][3]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Joseph Gabriel Starke, The ANZUS Treaty Alliance (Melbourne University Press, 1965)
  2. «U.S. lifts ban on New Zealand warships, New Zealand keeps nuclear-free stance». tribunedigital-chicagotribune 
  3. «In Warming US-NZ Relations, Outdated Nuclear Policy Remains Unnecessary Irritant». Federation Of American Scientists 

Ligações externasEditar