Abrir menu principal

Wikipédia β

A Merry Mix Up

filme de 1957 dirigido por Jules White

A Merry Mix-Up (br.: A prova dos nove) é um filme curta-metragem estadunidense de 1957, dirigido por Jules White. É o 177º de um total de 190 filmes da série com os Três Patetas produzida pela Columbia Pictures entre 1934 e 1959.

A Merry Mix-Up
A prova dos nove (BR)
 Estados Unidos
1957 •  pb •  16 min 
Direção Jules White
Roteiro Felix Adler
Elenco Moe Howard
Larry Fine
Joe Besser
Nanette Bordeaux
Jeanne Carmen
Ruth White
Suzanne Ridgeway
Harriette Tarler
Diana Darrin
Frank Sully
Género Comédia
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Índice

EnredoEditar

  Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Os Três Patetas aparecem no filme como três trios de trigêmeos idênticos, os quais não se veem desde a Segunda Guerra Mundial apesar de morarem na mesma cidade. Os primeiros trigêmeos (Moe, Larry e Joe) são solteirões em busca de garotas e serviram no Exército; os segundos (Max, Louie e Jack) são casados que gostam de ficar em casa cozinhando e serviram na Marinha; os terceiros (Morris, Luke e Jeff) estão noivos e foram da Força Aérea.

Os problemas começam quando os irmãos noivos decidem celebrar numa boate. As noivas chegam antes deles e encontram o trio de solteirões, confundindo-os com os noivos. As esposas passam por ali e ao verem os irmãos com as noivas, pensam que estão sendo traidas e começam a brigar e os irmão solteirões saem dali. Os maridos chegam para esclarecerem as coisas e causam nova briga com as noivas. Quando os noivos chegam, as noivas lhes devolvem as alianças. As confusões continuam até que os trigêmeos se encontram e as mulheres percebem a confusão. Apenas o garçon que atendia os Patetas (Frank Sully) não sabe da história e quando vê os nove irmãos juntos fica desnorteado ao pensar que está com "visão tripla".

NotasEditar

  • A Merry Mix-Up é um remake do filme Our Relations de O Gordo e o Magro de 1936. Felix Adler forneceu o roteiro para ambos os filmes.[1]
  • O curta estrelado por nove irmãos exigia efeitos especiais que foram planejados com o trio permanecendo em marcas previamente estabelecidas para que as imagens fossem sobrepostas por outras para causarem a ilusão. Para a última tomada, o diretor Jules White achava que Larry Fine não tinha permanecido em sua marca e queria filmar novamente. Larry sabia que Jules estava errado e precisou de um grande esforço para provar isso. Por sorte, a opinião de Larry prevaleceu e economizou ao estúdio alguns milhares de dólares que seriam gastos com a nova filmagem.[2]

Referências

  1. Lenburg, Jeff; Howard Maurer, Joan; Lenburg, Greg; (1982). The Three Stooges Scrapbook, p. 264, Citadel Press. ISBN 0-8065-0946-5
  2. Lenburg, Jeff; Howard Maurer, Joan; Lenburg, Greg; (1982). The Three Stooges Scrapbook, p. 264, Citadel Press. ISBN 0-8065-0946-5

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar