A República (Rio Grande do Norte)

jornal brasileiro publicado e sediado em Natal, Rio Grande do Norte
A República
Periodicidade Diário
Formato Impresso e digital
Sede Avenida Câmara Cascudo, 355, Ribeira, Natal, Rio Grande do Norte
Fundação 1 de julho de 1890
Fundador(es) Pedro Velho
Presidente Fátima Bezerra
Editor Júlia Fernandes
Idioma Português

A República é um jornal brasileiro publicado e sediado em Natal, no estado do Rio Grande do Norte, fundado em 1 de julho de 1889 pelo ex-governador Pedro Velho.[1] Pertence ao Departamento Estadual de Imprensa (DEI), órgão do Governo do Rio Grande do Norte.

No início, o periódico funcionou em um prédio localizado no cruzamento da Avenida Câmara Cascudo com Rua Juvino Barreto, na Ribeira (Natal), bairro histórico de Natal (Rio Grande do Norte), posteriormente, o mesmo foi restabelecido onde está até hoje, no Museu da Imprensa do Rio Grande do Norte, localizado na Avenida Câmara Cascudo, no Centro Histórico de Natal.[2]

A República é um dos atrativos do centro histórico da capital, contando a história da imprensa no estado, é vizinho do Instituto Câmara Cascudo, que funciona, onde morou até sua morte, o historiador potiguar Luís da Câmara Cascudo, considerado o maior folclorista do país.

Em sua sede, há diversas máquinas utilizadas por jornais potiguares, um verdadeiro registro da imprensa no estado. Atualmente, o veículo é utilizado exclusivamente como informativo do Diário Oficial do estado.

Referências

  1. «Qual foi o primeiro jornal publicado em Natal». Brechando, Lara Paiva. Consultado em 14 de janeiro de 2019 
  2. «Jornal "A República", 1908, RN.». Universidade Federal de Santa Catarina. Consultado em 14 de janeiro de 2019 
  Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.