Abrir menu principal

A Touch of Larceny

filme de 1959 dirigido por Guy Hamilton
A Touch of Larceny
Um pouco de aldrabice (PRT)
Quase um criminoso (BRA)
 Reino Unido
1959 •  pb •  93 min 
Direção Guy Hamilton
Produção Ivan Foxwell
Roteiro Paul Winterton (livro)
Ivan Foxwell (roteiro)
Elenco James Mason
George Sanders
Vera Miles
Gênero comédia
espionagem
Música Philip Green
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento  Reino Unido
Dezembro de 1959
 Estados Unidos
16 de março de 1960
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

A Touch of Larceny (br.: Quase um criminoso [1] / pt.: Um pouco de aldrabice) é um filme de comédia britânico de 1959, dirigido por Guy Hamilton e distribuição da Paramount Pictures. O roteiro é baseado no romance The Megstone Plot (1956), de Paul Winterton que usou o pseudônimo Andrew Garve.

ElencoEditar

SinopseEditar

O comandante de submarino e herói de guerra Max Easton ocupa um posto importante no Almirantado britânico mas parece não levar muito a sério suas funções burocráticas, preferindo passar o tempo jogando squash e perseguindo mulheres. Um dia ele encontra um antigo companheiro de guerra, Sir Charles Holland, e a noiva dele, a norte-americana Virginia Killain, por quem fica imediatamente atraído. Max aproveita que Holland viaja por alguns dias e tenta iniciar um romance com Virginia e acha que ela também está atraída por ele mas não quer deixar Holland por causa da fortuna do nobre. Ele então conta à mulher sobre um plano para ganhar dinheiro: Irá simular ser um espião que entrega segredos para a Rússia e depois se esconderá em uma ilha deserta, esperando que os jornais o ataquem chamando-lhe de "traidor". Ao voltar e provar sua inocência, pedirá uma reparação financeira pela "difamação". Virgínia se diverte com a ideia mas depois pensa que Max falava sério quando ele desaparece e os jornais começam a publicar notícias sobre sua ausência e de planos secretos que estavam aos cuidados dele.

Indicação a prêmioEditar

Referências

Ligações externasEditar