Abrir menu principal
Abdon Milanez
Deputado Federal (Provincial e da Câmara Geral)[1] da Paraíba
Período 1880 e 1881
Senador da Paraíba
Período - 1894 até 1896
- 1897 até 1899
- 1900 até 1902
Dados pessoais
Nascimento 30 de julho de 1831[2]
Areia, Província da Paraíba
Morte 07 de janeiro de 1903 (71 anos)[2]
Rio de Janeiro, Distrito Federal
Casamento Gracinda de Brito Cotegipe Milanez
Profissão Político e médico[3]

Abdon Felinto Milanez[nota 1] (Areia, 30 de julho de 1831Rio de Janeiro, 7 de janeiro de 1903) foi um político e médico brasileiro.[2][nota 2]

CarreiraEditar

Deputado provincial de 1880 a 1881 e senador durante a Primeira República entre 1894 a 1902, foi também sócio-fundador do Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba (IHGP) em 1905.[2]

Serviu por dezenove anos o Exército Brasileiro, dois quais oito contratado como médico e os anos restantes como parte do corpo efetivo.[3] Pertenceu ao Partido Republicano da Paraíba e durante a crise política de 1892 foi ao Dr. Abdon que Floriano Peixoto (então residente na Paraíba) recorreu para substituir o então governador Venâncio Neiva.[2]

Família e genealogiaEditar

Filho do comerciante areiense José da Fonseca Milanez,[4] Abdon Milanez foi pai do compositor erudito Abdon Felinto Milanez, de quem era homônimo.[3] Foi membro de uma família ilustre e de grande prestígio político do Brejo paraibano, família essa de ascendência portuguesa e italiana.[5] Abdon fez seus estudos de medicina em Salvador, Bahia, onde se formou em 1857.[3][6]

De sua árvore genealógica (parcial) constam:

1. Manuel Felinto Milanez (Estado da Paraíba, 17??—18??)[7] c.c. ?
2. Abdon Milanez (político) (Areia, 1831—1903, político) c.c. Gracinda de Brito Cotegipe
3. Prudêncio Cotegipe Milanez[1] (Areia, 1863—1920, advogado e político)
3. Álvaro Felinto Milanez (Paraíba, 1880—?)
3. Abdon Felinto Milanez (Areia, 1858—1927, engenheiro e músico) c.c. Heloisa Barroso de Azevedo (1863—1940)
4. João Francisco de Azevedo Milanez (Rio de janeiro, 1882—?)[8] c.c. Hermelinda Romano Milanez (?—?)
5. João Francisco de Azevedo Milanez Filho (Rio de Janeiro, ?)
4. Otávio Barroso de Ornellas Milanez (Rio de Janeiro, ?)
4. Domingos Milanez (Rio de Janeiro, † bebê)
2. Avelina Amália da Fonseca (Areia, Paraíba, 18??—?) c.c. João Lopes Machado
3. Álvaro Lopes Machado (Areia, 1857—1912, político)
3. João Lopes Machado (Areia, médico e político)

Notas

  1. O apelido da família encontra-se grafado «Milanez» de acordo com a ortografia arcaica (anterior a 1943).
  2. Tanto o dicionário Larousse como a obra de Dunshee de Abranches, do Senado Federal, apontam o senador como tendo sido engenheiro civil, músico e ex-diretor do Instituto Nacional de Música do Rio de Janeiro. Essas profissões foram de fato desempenhadas por seu filho, e o erro se deu em virtude de ambos serem homônimos. Tal mal-entendido foi devidamente esclarecido na Revista nº 33 do Instituto Histórico e Geográfico Paraibano.[3]

Referências

  1. a b LEWIN, Linda (2014). Politics and Parentela in Paraiba: A Case Study of Family-Based Oligarchy in Brazil. [S.l.]: Princeton University Press. 465 páginas. ISBN 9781400858286 
  2. a b c d e Adm. do portal (2006). «Portal dos Senadores». Senado Federal do Brasil. Consultado em 6 de junho de 2013. Arquivado do original em 28 de julho de 2014 
  3. a b c d e Instituto Histórico e Geográfico Paraibano (2000). Revista, Volume 33. [S.l.: s.n.] 
  4. RIBEIRO, Domingos de Azevedo (1979). Hino do Estado da Paraíba: oficial. [S.l.]: Edição própria. 123 páginas 
  5. «Enciclopédia Nordeste - Abdon Felinto Milanez» (php). O Nordeste. Consultado em 23 de junho de 2016 
  6. SANTOS FILHO, Lycurgo de Castro (1991). História geral da medicina brasileira, Volume 2. [S.l.]: Editora Hucitec. 196 páginas 
  7. ALMEIDA, Horácio de (1958). Brejo de Areia: memórias de um município. [S.l.]: Ministério da Educação e Cultura, Serviço de Documentação. 301 páginas 
  8. HILTON, Ronald (1948). Who's Who in Latin America: Part VI, Brazil. [S.l.]: Stanford University Press. 275 páginas. ISBN 9780804707435