Abedalá ibne Abedal Motalibe

Abedalá ibne Abedal Motalibe (em árabe: عبدالله بن عبد المطلب; romaniz.: Abd-Allah ibn Abd al-Muṭṭalib; Meca, 545570), foi o pai de Maomé. Era filho de Abedal Motalibe, guarda da Caaba, e marido de Amina binte Uabe, que lhe deu seu único filho. Morreu em uma viagem de caravana entre Medina e Meca, de uma doença desconhecida, com a idade de vinte e cinco anos.[1]

Abedalá ibne Abedal Motalibe
Nascimento 545
Meca
Morte 570
Medina
Sepultamento Medina
Etnia Árabes, Coraixitas, Haxemitas
Progenitores
Cônjuge Amina binte Uabe
Filho(s) Maomé
Irmão(s) Safiyyah bint ‘Abd al-Muttalib, Abas, Abu Talibe, Harith ibn ‘Abd al-Muttalib, Az-Zubayr ibn ‘Abd al-Muttalib, Hamza ibn ‘Abd al-Muttalib, Abu Lahab, Atika bint Abdul Muttalib, Barrah bint Abdul Muttalib, Umama bint Abdulmuttalib, Umm Hakim bint Abdul Muttalib, Arwa bint Abdul Muttalib, Al-Muqawwim ibn Abdul-muttalib, Al-Ghaydaq ibn Abdulmuttalib, Quthum ibn Abdul-Muttalib
Ocupação mercador

Seu nome completo, inclui o termo "Abedalá", que significa "servo de Deus".

Ver tambémEditar

Árvore genealógica[carece de fontes?]

Abedal Motalibe
Uabe ibne Abal Menafe
Barra binte Abedal Uza
Abdalá ibne Abedal Motalibe
Amina binte Uabe
Maomé

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 8 de janeiro de 2006. Arquivado do original em 23 de fevereiro de 2006 

Ligações externasEditar