Abu-Bakr Yunis Jabr

O Major-general Abu-Bakr Yunis Jabr (1952 - 20 de outubro de 2011)[2] foi Ministro da Defesa da Líbia nomeado pelo coronel Muammar Gaddafi.

Abu-Bakr Yunis Jabr
Abu-Bakr Yunis Jabr
Secretário do Comitê Geral de Defesa da Líbia
Período 16 de janeiro de 1970[1] - 20 de outubro de 2011
Líder Muammar Gaddafi
Antecessor(a) Adam al-Hawaz
Sucessor(a) Osama al-Juwaili
Dados pessoais
Nascimento 1940
Jalu, Líbia Italiana
Morte 20 de outubro de 2011 (71 anos)
Sirte, Líbia
Nacionalidade Líbio
Serviço militar
Lealdade Líbia Líbia
Serviço/ramo Exército Líbio
Anos de serviço 1965–2011
Graduação Major-general

Há discordância sobre o ano de nascimento de Jabr. Segundo a ONU, ele nasceu em 1952 em Jalu, na Líbia.[3] Já o jornal alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung fornece uma data anterior a 1940.[4]

Educado na Academia Militar de Benghazi, Jabr compartilha aulas com o jovem Muammar Gaddafi. Mais tarde, ambos pertenciam ao Movimento dos Oficiais Livres que no dia 1 de setembro de 1969, removeu o rei Idris I da Líbia do poder em um golpe de estado e levou Gaddafi ao poder.[4]

Jabr foi chefe do Exército da Líbia desde 1970 e foi um dos membros originais dos 12 oficiais do exército do Conselho do Comando Revolucionário liderado por Gaddafi. Foi morto na mesma operação em que o ditador foi capturado.

Referências

  1. «Military Leadership». Global Security. Consultado em 27 de março de 2011 
  2. «Accounts emerge of Gaddafi's final moments». Al Jazeera English. 4 de outubro de 2011. Consultado em 20 de outubro de 2011 
  3. «Security Council 6491st Meeting* (PM)». Nações Unidas. 26 de fevereiro de 2011. Consultado em 27 de março de 2011 
  4. a b «Loyal zum Stamm, nicht zum Regime». Faz.net. 23 de fevereiro de 2011. Consultado em 27 de março de 2011 
  Este artigo sobre um(a) político(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.