Abrir menu principal

Os Acordos de Argel de 6 de março de 1975 são um tratado assinado entre a Pérsia e o Iraque para pôr termo às disputas territoriais entre os dois países, principalmente a propósito da soberania sobre o Xatalárabe e sobre o Cuzistão. O tratado nunca foi cumprido pelas duas partes, que entraram em guerra por causa disso (Guerra Irão-Iraque) em 1980.[1] A guerra em nada mudou o traçado da fronteira, regressando-se ao status quo ante bellum.[carece de fontes?]

Referências

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre relações internacionais, diplomacia ou sobre um diplomata é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.