Acotyledones (acotiledóneas ou acotiledônias) foi o nome dado por Antoine Laurent de Jussieu (1748-1836) em 1789 para a classe mais baixa de seu "Sistema Natural de Botânica", englobando plantas sem flores, como samambaias, licopódios, cavalinhas, musgos, hepáticas, algas marinhas, líquens e fungos. O nome é derivado da falta de uma semente-folha ou cotilédone. As plantas floríferas ostentam uma semente contendo um embrião, geralmente com um ou dois cotilédones; enquanto as plantas não floríferas não apresentam nenhuma semente e conseqüentemente nenhuma cotilédone verdadeira. O termo é sinônimo de Criptógamas, nome que passou a ser utilizado em classificações posteriores.

Na classificação taxonômica de Jussieu a classe Acotyledones, onde inclui as criptogâmicas e incorretamente algumas monocotiledóneas, está dividida em 6 ordens:

ReferênciasEditar

  Este artigo sobre plantas é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.