Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para o personagem de HQ, veja Adaga (Marvel Comics). Para sinal tipográfico, veja Obelisco (tipografia).
Adaga Neolithica
Jambia (em árabe: جنبية), espécie de adaga originária do Iêmen.

Adaga é o nome genérico de um tipo de espada curta, de corte e perfuração, com duplo corte de têmpera forte, serrada ou compacta. Crê-se que tivesse origem na Península Ibérica, Mediterrâneo e Oriente Próximo (região dos sete mares). De formas diversas, evoluiu de outras formas de armas brancas medievais, como os punhais, as misericórdias, as facas e os cotós. Nem sempre teve o mesmo comprimento. Se no início era bastante larga e curta, no século XVI media cerca de um quarto a um terço de uma espada. No século XVII media, em média, 12 cm.

Era usada principalmente para aparar os golpes de espada dos adversários, por exemplo, em duelos. Enquanto que a espada era usada na mão direita, a adaga era usada pela esquerda e tinha também, por vezes, a função de destruir a ponta da espada do adversário, já que a sua têmpera era mais forte - além de que, por vezes, o seu gume era serrilhado.

Muitas vezes usadas como arma de arremesso (adagas menores) tendo o mesmo objetivo que as shurikens se usada com sabedoria pelo ninja e acertasse uma grande artéria, poderia ser mortal (ver artes marciais do Japão).

Índice

Adagas como peças simbólicasEditar

Simbolismo religiosoEditar

Um exemplo de simbolismo religioso ocorre na religião afrobrasileira do Candomblé. Nela Oxum é a orixá da beleza, do amor e da prosperidade, e em seu estatus de guerreira com ligação a Oxóssi, tradicionalmente, ela traz uma alfange (ou adaga) e um ofá (arco e flecha) simbólicos.

Simbolismo de virilidadeEditar

Em muitas culturas do mundo homens adultos trazem adagas na cintura como representação de terem atingido a maturidade e como status de sua masculinidade em seu meio social (ver, por exemplo, o gaúcho tradicional do Brasil meridional (bem o elemento campeiro correspondente de países vizinhos, como do Uruguai e da Argentina); e também ocorrências similares em culturas do Oriente Médio e do distante Oriente).

Simbolismo em brasões e bandeirasEditar

Da mesma forma que muitos outros símbolos e cores, a adaga figura proeminentemente em muitos brasões e bandeiras de clãs, navios, estados, países, associações, etc.

Instrumento de entretenimentoEditar

A adaga também tem sido utilizada em circos para o entretenimento do povo.

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre armas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.