Aderbal (rei da Numídia)

Aderbal,[1] filho de Micipsa e neto de Masinissa, foi um rei da Numídia entre 118 e 112 a.C.[2] Ele herdou o trono após a morte de seu pai e governou juntamente com seu irmão mais novo Hiempsal e Jugurta, sobrinho de Masinissa. Após o assassinato de seu irmão por Jugurta, Aderbal fugiu para Roma e foi restaurado à sua parte do reino pelos romanos em 117, com Jugurta governando a parte anterior de seu irmão. Mas Aderbal foi novamente destituído de seus domínios por Jugurta e sitiado em Cirta, onde foi morto por Jugurta em 112, embora tivesse se colocado sob a proteção dos romanos.[3][4][5]

A peça francesa de 1694 de François Joseph Lagrange-Chancel, Aderbal, Rei da Numidia, é baseada em sua história.

Referências

  1. Huss (1985), p. 559.
  2. Smith, William (1867), «Adherbal (3)», in: Smith, William, Dictionary of Greek and Roman Biography and Mythology, 1, Boston, MA 
  3. Sallust, Bellum Jugurthinum 5, 13, 14, 24, 25, 26
  4. Livy, Ep. 63
  5. Diodorus Siculus, Bibliotheca historica 34-35.31

BibliografiaEditar