Aerocisto

Se procura a infecção por vezes designada por "pneumocisto", veja Pneumocistose.

Aerocisto (do grego: aeros; ar + kystos; vesícula)[1], por vezes referido como pneumatocisto, é uma estrutura vesiculosa, cheia de ar ou outos gases, destinada a aumentar a flutuação de um organismo. A presença dessas estruturas é comum em macroalgas e em peixes (recebendo nesse caso o nome de bexiga natatória). Entre as Phaeophyta estas vesículas estão localizadas nos filóides e apresentam uma particular importância pois permitem manter as algas em flutuação (em espécies holopelágicas pleustónicas como as espécies flutuantes pertencentes ao género Sargassum) ou manter as frondes erectas durante a submersão, quando estão estão fixas ao substrato, como ocorre no caso de algumas espécies do géneros Fucus.

Frondes da macroalga flutuante Macrocystis pyrifera com múltiplos pneumatocistos.
Pneumatocistos de Nereocystis luetkeana.

FicologiaEditar

Em ficologia, um aerocisto (frequentemente referido como um pneumatocisto) é uma macroestrutura de flutuação constituída por uma vesícula de material parenquimatoso cheia de gás típica das algas castanhas. Cada organismo tem em geral múltiplas dessas estruturas, as quais fornecem a impulsão necessária para manter as frondes a flutuar (no caso das algas flutuantes) ou orientadas em direcção à superfície (no caso das algas fixas ao substrato), permitindo que se mantenham na zona onde a radiação solar é mais intensa ou que permaneçam numa posição que minimize o ensombramento mútuo das frondes.

A composição do gás mantido nos aerocistos varia de acordo estado fisiológico da alga e com a pressão parcial dos diversos gases no ambiente circundante.[2] Os aerocistos podem conter O2, CO2, N2[2] e CO.

Notas

  1. Aulete: significado de aerocisto Arquivado em 29 de janeiro de 2013, no Wayback Machine..
  2. a b M. Thiel and L. Gutow. 2005. The Ecology of rafting in the marine environment. I. The Floating Substrata. Oceanography and Marine Biology: An Annual Review 42:181–264

Ligações externasEditar