Aeroporto do Cachimbo

Aeroporto do Cachimbo
Base aérea
ICAO: SBCC
Características
Tipo Militar
Administração Força Aérea Brasileira
Serve Campo de Provas Brigadeiro Velloso, Novo Progresso, Pará, Brasil
Inauguração 20 de Janeiro de 1954
Altitude 825 m (2 707 ft)
Website oficial Página oficial
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
12/30 2 602  m (8 537 ft) Asfalto

O Aeroporto do Cachimbo é um aeroporto militar localizado na Serra do Cachimbo, ao sul do Pará, Brasil. Serve ao Campo de Provas Brigadeiro Velloso, um complexo de teste e treinamento das Forças Armadas do Brasil.

É administrado pela Força Aérea Brasileira.

HistóricoEditar

O Campo de Provas Brigadeiro Velloso possui uma área de 21.588 km² e um perímetro de 653 km. Está localizado nos limites dos municípios de Altamira, Itaituba, Jacareacanga e Novo Progresso, possuindo uma área comparável ao estado de Sergipe.

Tanto o aeroporto como o complexo possuem suas origens em uma pista de pouso aberta em 3 de setembro de 1950. Com o término da Segunda Guerra Mundial percebeu o governo brasileiro a necessidade de uma base de apoio estratégico para a operação de voos entre as regiões norte e sudeste do país, em linha reta. Anteriormente, tais voos podiam ser operados com segurança, apenas seguindo a linha do litoral. O aeródromo foi inaugurado em 20 de janeiro de 1954.[1]

Na década de 1970 foram feitos estudos para transformar a área em um centro de testes de armamentos e treinamento das Forças Armadas do Brasil, com o objetivo de desenvolver armas, fazer testes de armamentos e treinamentos e manobras de interesse nacional. De fato, em 7 de março de 1983, o Campo de Testes do Cachimbo, subordinado ao Centro Tecnológico da Aeronáutica foi criado. Em 17 de janeiro de 1995 recebeu o nome de Campo de Provas Brigadeiro-do-Ar Haroldo Coimbra Velloso, homenageando o militar que montou a infraestrutura do complexo. Em 30 de julho de 1997, o nome foi novamente modificado para Campo de Provas Brigadeiro Velloso.[2]

Em 18 de agosto de 1979 foi inaugurado o novo aeroporto do Campo de Provas, o qual foi chamado de Aeroporto do Cachimbo.

Seu pátio é grande o bastante para abrigar 20 aeronaves de pequeno porte e possui instalações de manutenção completas.

Uma unidade do SIVAM está nele localizado.

Unidades e tráfego aéreoEditar

Por não possuir unidades militares permanentemente nele abrigadas, Cachimbo é um aeroporto militar operado pela Força Aérea Brasileira e não uma base da Força Aérea Brasileira. É de uso exclusivo das Forças Armadas e portanto não recebe voos da aviação comercial ou geral.

Acidentes e incidentesEditar

  • 29 de setembro de 2006: uma aeronave Embraer Legacy 600 de prefixo N600XL e avariada realizou um pouso de emergência no Aeroporto do Cachimbo, após se colidir no ar com um Boeing 737-800 da Gol Transportes Aéreos de prefixo PR-GTD realizando o voo 1907. O Boeing caiu na floresta amazônica matando todas as 155 pessoas a bordo.[3]

AcessoEditar

O aeroporto se localiza a aproximadamente 15 km da rodovia BR-163.

Referências

  1. «Campo de Provas Brigadeiro Velloso: Histórico». Força Aérea Brasileira. Consultado em 15 de maio de 2011 
  2. Rocha Luzardo, Antonio José (dezembro de 2002). «Nova tecnologia para vigilância patrimonial da Amazônia». Revista da Unifa. Consultado em 15 de maio de 2011. Arquivado do original em 24 de março de 2012 
  3. «Descrição do acidente N600XL and PR-GTD» (em inglês). Aviation Safety Network. Consultado em 15 de maio de 2011 
  A Wikipédia possui o

  A Wikipédia possui o
Portal do Brasil

Ligações externasEditar