Agência Sportlight

Agência Sportlight é uma agência de jornalismo investigativo. Seu nome é uma referência clara ao filme Spotlight.[1] Foi criada em 2016[2] pelo historiador e jornalista Lúcio de Castro. Em 2018 foi um dos veículos de mídia mais premiados do ano, segundo ranking do Portal dos Jornalistas.[3]

Agência Sportlight
Agência Sportlight
País Brasil
Fundação dezembro de 2016
Fundador(es) Lúcio de Castro
Idioma português

Histórico editar

Em junho de 2019, Lúcio de Castro disse em rede social que a grande mídia brasileira recusou uma pauta jornalística que aponta um possível caso de corrupção sobre uma offshore em paraíso fiscal de Paulo Henrique, filho do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC):

Em 5/4/2016 ainda não existia essa Agência Sportlight. Tinha certeza da bomba que tinha em mãos. Depois de muitas portas fechadas quando dizia a pauta, finalmente publiquei [na Carta Capital]
— .[4] Ou não sei nada dessa profissão, ou era devastador o conteúdo. Não interessou a nenhum grande meio. Em 11/6/2018, ainda inconformado com algo desse teor não ter consequência, republiquei, já então na Agência Sportlight. Se em 2016 a Lava Jato já estava em pleno funcionamento, em 2018 nem se fala. Mas não interessou a ninguém. E como algo assim não interessa? E não estava prescrito (...) Não interessou à grande imprensa. Não interessou aos investigadores. E agora sabemos, via The Intercept Brasil, que não só não interessou ao juiz Moro como ele pediu para evitar”melindrar” FHC. A matéria tava lá. Só quem não quis deixou de saber que Moro era seletivo. E cometia crime.[5] Agência Sportlight

Prêmio editar

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado
2018 Prêmio Petrobrás de Jornalismo Esporte "Dossiê Nuzman- República de Mangaratiba de Cabral ganhou milhões no Comitê de Nuzman" Venceu[6]

Ver também editar

Referências

  1. «Apresentação». Agência Sportlight. Consultado em 1 de julho de 2020 
  2. Frank William Toogood (20 de dezembro de 2016). «Lúcio de Castro, ex-ESPN, abre agência de jornalismo investigativo». Torcedores.com. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  3. «Globo, Zero Hora e Folha de S.Paulo são os +Premiados Veículos do Ano». Portal dos Jornalistas. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  4. Lúcio de Castro (19 de junho de 2019). «Leia a reportagem envolvendo filho de FHC, Odebrechet e paraísos fiscais que foi recusada pela grande mídia». Agência Sportlight. Revista Fórum. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  5. «Sportlight denuncia que pauta de offshore em paraíso fiscal de filho de FHC foi recusada pela grande mídia». Revista Fórum. 19 de junho de 2019. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  6. «Vencedores do V Prêmio Petrobras de Jornalismo». Agência Petrobrás. 28 de novembro de 2018. Consultado em 1 de julho de 2020. Cópia arquivada em 2 de julho de 2020 

Ligações externas editar

  Este artigo sobre comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.