Albano Justino Lopes Gonçalves

militar português

Albano Justino Lopes Gonçalves (São João do Souto, Braga, 14 de Dezembro de 1863 - 14 de Novembro de 1929) foi militar e presidente da Câmara de Lourenço Marques e de Braga, de Dezembro de 1912 a Julho de 1915.

Albano Justino Lopes Gonçalves
Nascimento 14 de dezembro de 1863
Braga
Morte 14 de novembro de 1929
Cidadania Portugal
Ocupação militar

Durante o seu mandato na Câmara de Braga seria construído na Praça do Município um polémico edifício para o mercado de autoria do arquitecto Moura Coutinho, que seria demolido em 1955.

Criou os Serviços Municipalizados, tornando frequente a energia elétrica na cidade e alterando os transportes urbanos com o uso dos carros eléctricos.

Transformou ainda a Avenida Central numa grande avenida com duas faixas pedonais, permitindo grande circulação automóvel.

Quando deixou a Câmara assumiu a Confraria do Bom Jesus, onde foi responsável pela criação do museu e biblioteca.


Precedido por
Domingos Pereira
Brasão arquiepiscopal
Presidente da Câmara Municipal de Braga

19121915
Sucedido por
Eurico Taxa Ribeiro


Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.