Alcáçova Cadima

Alcáçova Cadima
Alcazaba Cadima
Parte da muralha zirida do que foi a Alcáçova Cadima
Nomes anteriores al-Qasba Qadima
Nomes alternativos Fortaleza Velha (Fortaleza Vieja)
Tipo Alcáçova (casbá)
Estilo dominante Islâmico (zirida)
Início da construção Década de 1010
Geografia
País Flag of Spain.svg Espanha
Cidade Granada
Localidade Albaicín
Coordenadas 37° 10' 54" N 3° 35' 40" O
Alcáçova Cadima está localizado em: Espanha
Alcáçova Cadima
Localização da Alcáçova Cadima em Espanha

A Alcáçova Cadima (em castelhano: Alcazaba Cadima; em árabe: al-Qasba Qadima) ou Fortaleza Velha (Fortaleza Vieja) foi uma antiga alcáçova (ou casbá) que constitui o núcleo original da cidade de Granada muçulmana, quando foi refundada por Zaui ibne Ziri na década de 1010. Nela se situava o palácio real dos Ziridas da Taifa de Granada.

Situa-se na parte mais alta do atual bairro do Albaicín, em Granada, no sul de Espanha, em volta das ruas Aljibe de la Gitana, Cuesta María de la Miel e Callejón de San Cecilio, estendendo-se até à Igreja de San Nicolás. Tinha dois bairros: Harat Alcazaba, a norte, e Rabat Almufadar, a sul. Tinha pelo menos quatro portas de acesso: Bib ou Bab Cieda (que ainda existe atualmente com o nome de Arco de las Pesas); Bib Caxtar e Bib Elbis, no pano note da muralha, ligando o arrabalde do Albaicín; e Bib Albonud no pano oriental.[1] Não se conhece nenhuma porta nos panos sul e ocidental, apesar de confinarem com as partes mais populosas da cidade. Atualmente ainda estão de pé a maior parte da parte norte da muralha.

Ver tambémEditar

Notas e referênciasEditar

  1. Seco de Lucena, L. (1910), Plano de Granada Árabe . Reimpresso em 1982.