Abrir menu principal
Amilton Fernandes
Nascimento 27 de abril de 1919
Pelotas, RS
Nacionalidade brasileiro
Morte Rio de Janeiro, RJ
8 de abril de 1968 (48 anos)

Amilton Fernandes (Pelotas, 27 de abril de 1919Rio de Janeiro, 8 de abril de 1968) foi um ator brasileiro.

Amilton Fernandes foi o primeiro ator brasileiro a alcançar grande popularidade como galã em uma telenovela, graças a sua atuação como Albertinho Limonta em O Direito de Nascer, de 1964, na extinta Rede Tupi.

Faleceu prematuramente em um acidente de automóvel, no decorrer da produção da telenovela Sangue e Areia, onde era o grande vilão da trama. [1][2]

No dia 29 de janeiro de 1968, Amílton sofreu um acidente automobilístico na esquina da Rua São Francisco Xavier com Avenida Heitor Beltrão no bairro do Maracanã, zona norte do Rio de Janeiro. Como era Hemofílico, o ator ficou internado por setenta dias passando por seis operações vindo a falecer posteriormente. Quando morreu, Amilton vivia o vilão Dom Ricardo na novela Sangue e Areia, escrita por Janete Clair para a Rede Globo; o roteiro da telenovela teve que ser todo refeito e seu personagem desapareceu da trama. Amilton foi sepultado no Cemitério de São João Batista na zona sul do Rio de Janeiro.

Índice

Carreira artísticaEditar

Na televisãoEditar

No cinemaEditar

Referências

  1. Memorial da fama. «Amilton Fernandes». Consultado em 10 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 19 de março de 2015 
  2. IMDb. «Amilton Fernandes (1919–1968)» (em inglês). Consultado em 10 de janeiro de 2013 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.