Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde Maio de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Embora ele fosse o herdeiro ao trono de Davi, Amnom, é mais lembrado pelo estupro de sua meia-irmã Tamar, filha de Davi e Maacá. A lei judaica proíbe relações sexuais entre o meio-irmãos e irmãos. (Levítico 18:11) No entanto, em seu desejo por ela, Amnom aceitou o conselho de seu primo Jonadabe, filho de Simeia, irmão de Davi, de fingir estar doente e, assim, para atrair Tamar em seus aposentos. Tamar foi convidada a pretensão de que Amnon queria que ela cozinhasse uma refeição especial para ele. Ignorando seus protestos, ele a estuprou. Causando uma punição de viver a vida fora de Jerusalém e com todos os direitos de filho do Rei retirados. Dois anos depois por ordem de Absalão, seu meio-irmão e irmão pleno de Tamar. Absalão vinga sua irmã, enviando os seus servos para matar Amnom em uma festa à qual ele convidou todos os filhos do rei (2 Samuel 13).

Ícone de esboço Este artigo sobre personagens ou narrações da Bíblia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.