Abrir menu principal

And Then There Were None (minissérie)

And Then There Were None
Informação geral
Formato Minissérie
Gênero Suspense
Duração 60 minutos (aprox.)
País de origem Reino Unido
Idioma original Inglês
Produção
Diretor(es) Craig Viveiros
Roteirista(s) Sarah Phelps
Exibição
Emissora de televisão original BBC One
Transmissão original 26 de dezembro de 201528 de dezembro de 2015
N.º de episódios 3

And Then There Were None é uma minissérie britânica baseada no livro homônimo de Agatha Christie. Exibida originalmente em dezembro de 2015 no canal BBC One, foi a primeira adaptação da história para a televisão,[1] assim como a primeira com a conclusão original do livro.[2] A minissérie é composta por três episódios, todos escritos por Sarah Phelps e dirigidos por Craig Viveiros.[3] No Brasil, foi exibido pelo canal GNT.

Índice

EnredoEditar

Em agosto de 1939, oito estranhos são convidados, de diversas formas, para Soldier Island, uma pequena ilha rochosa na costa de Devon. Isolados do continente, com seus anfitriões, Sr. e Sra. U.N. Owen, misteriosamente ausentes, cada um dos convidados é acusado de um crime terrível, assim como o casal de serventes. Quando duas pessoas morrem em circunstâncias estranhas na primeira noite, os acusados percebem que pode haver um assassino entre eles.[3]

Elenco e personagensEditar

  • Douglas Booth como Anthony Marston, acusado de matar duas crianças ao dirigir de forma imprudente
  • Charles Dance como o juiz Lawrence Wargrave, acusado de condenar um inocente à forca
  • Maeve Dermody como Vera Claythorne, acusada de deliberadamente causar a morte de uma criança sob seus cuidados
  • Burn Gorman como o detetive-sargento William Blore, acusado de matar um preso
  • Anna Maxwell Martin como Ethel Rogers, acusada junto de seu marido de ter matado seu empregador anterior
  • Sam Neill como o General John MacArthur, acusado de matar um oficial que estava tendo um caso com sua esposa
  • Miranda Richardson como Emily Brent, acusada de ser responsável pelo suicídio de sua empregada grávida
  • Toby Stephens como Dr. Edward Armstrong, acusado de matar um paciente após realizar uma cirurgia bêbado
  • Noah Taylor como Thomas Rogers, acusado junto de sua esposa de ter matado seu empregador anterior
  • Aidan Turner como Philip Lombard, acusado de matar 21 pessoas no leste da África em busca de diamantes

ProduçãoEditar

ConcepçãoEditar

And Then There Were None foi encomendada por Ben Stephenson e Charlotte Moore para a BBC, para marcar o 125º aniversário de nascimento de Agatha Christie.[4] A adaptação foi produzida pela Mammoth Screen em parceria com a Agatha Christie Productions.[5]

A roteirista Sarah Phelps disse à BBC que estava chocada pela aridez e brutalidade do romance. Comparando o livro aos outros trabalhos de Christie, declarou que "dentro das histórias de Poirot e [Miss] Marple, alguém sempre está lá para resolver o mistério, o que dá uma sensação de segurança, de adivinhar o que acontece a seguir… Neste livro isso não acontece – ninguém virá salvá-lo, absolutamente ninguém virá ajudar, resgatar ou interpretar [a situação]".[6]

Referências

  1. Furquim, Fernanda (28 de fevereiro de 2014). «BBC prepara 'Partners in Crime' e 'And Then There Were None', de Agatha Christie». Veja. Consultado em 29 de dezembro de 2015 
  2. Hannah, Sophie (25 de dezembro de 2015). «Agatha Christie: with drugs, violence and swearing, will the queen of crime recapture Christmas?» (em inglês). The Guardian. Consultado em 29 de dezembro de 2015 
  3. a b «Filming Begins on And Then There Were None» (em inglês). Agatha Christie. 10 de julho de 2015. Consultado em 29 de dezembro de 2015 
  4. «BBC One to become new home of Agatha Christie in UK» (em inglês). BBC. 28 de fevereiro de 2014. Consultado em 29 de dezembro de 2015 
  5. Kemp, Stuart (27 de fevereiro de 2014). «BBC Commissions Two New Agatha Christie Adaptations» (em inglês). Hollywood Reporter. Consultado em 29 de dezembro de 2015 
  6. «Adapting Agatha Christie's 'And Then There Were None' for BBC One» (em inglês). BBC Writersroom. 17 de dezembro de 2015. Consultado em 29 de dezembro de 2015 

Ligações externasEditar