Abrir menu principal
Um gato e um cão, dois dos mais populares animais de estimação.

Um animal de estimação (ou mascote) é um animal doméstico selecionado para o convívio com os seres humanos por questões de companheirismo ou divertimento, o que não significa que essa seja a única função dessas espécies na nossa sociedade.

PopularidadeEditar

Segundo pesquisas realizadas por instituições norte-americanas, os peixes de aquário consistem nos animais de estimação mais populares do mundo. Em segundo colocado está o gato e em terceiro os cães.[1][2]

Dados censitários apontam que nos EUA existem mais gatos domésticos do que cachorros.[3]


Animais de estimação mais populares dos EUA[4][5]
Animal de estimação População mundial População nos EUA Casas com presença destes animais (EUA) Número médio de animais por casa ocupada (EUA)
Gato 202 milhões 93.6 milhões 38.2 milhões 2.45 animais por residência
Cachorro 171 milhões 77.5 milhões 45.6 milhões 1.70 animais por residência
Peixe Sem Dados 171.7 milhões 13.3 milhões 12.86 animais por residência
Pequenos mamíferos Sem Dados 15.9 milhões 5.3 milhões 3.00 animais por residência
Pássaros Sem Dados 15.0 milhões 6.0 milhões 2.50 animais por residência
Répteis e Anfíbios Sem Dados 13.6 milhões 4.7 milhões 2.89 animais por residência
Cavalos Sem Dados 13.3 milhões 3.9 milhões 3.41 animais por residência

Ver tambémEditar

Referências

  1. «What's the Most Popular Pet?'». Live Science (em inglês). 15 de janeiro de 2016. Consultado em 20 de janeiro de 2019 
  2. «World Pet Population Data a Mixed Bag» (em inglês). 13 de junho de 2016. Consultado em 20 de janeiro de 2019 
  3. «'Number of pets in the United States in 2017/2018, by species (in millions)'». Statista (em inglês). janeiro de 2019. Consultado em 20 de janeiro de 2019 
  4. Susan Hayes. «What are the most popular pets around the world?». PetQuestions.com. Consultado em 4 de março de 2011. Arquivado do original em 22 de outubro de 2010 
  5. «Industry Statistics & Trends». American Pet Product Association. Consultado em 4 de março de 2011