Antônio Borba

Antônio Borba
Informação geral
Local de nascimento Varginha, MG
País  Brasil
Ocupação(ões) Cantor e compositor.

Antônio Borba (Varginha, 15 de novembro de 1940) é um cantor e compositor brasileiro.[1]

Iniciou a carreira apresentando-se no Programa César de Alencar, da Rádio Record. Atuou como crooner das orquestras de Henrique Simonetti (com a qual cantou na inauguração de Brasilia), Sílvio Mazzuca e Georges Henry. Em 1966, lançou-se como cantor da Jovem Guarda, gravando um compacto para a RCA Victor com as músicas Sozinho e Linda Espanhola. Participou do Festival Bienal do Samba da TV Record em 1968, com Samba arrasta multidão, de Luis Reis[2].

Na década de 1970, abandonou o estilo romãntico e começou a se dedicar à música sertaneja. Gravou em 1978 o seu primeiro LP, Antonio Borba[3].

DiscografiaEditar

Notas e Referências

  1. «Biografia no Cravo Albin». dicionariompb.com.br. Consultado em 31 de dezembro de 2012 
  2. Cantor Antonio Borba faz 80 anos nesse 15 de novembro. Gazeta de Varginha, 15 de novembro de 2018
  3. Antonio Borba. Recanto Caipira
  Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.