Abrir menu principal

Antes do presente (cujo sigla é AP) é uma marcação de tempo utilizada na arqueologia, paleontologia e geologia, que tem como base de referência o ano de 1950 D.C.[1]

Adota-se o ano de 1950 como marcador por conta dos testes atômicos realizados durante a Segunda Guerra Mundial que desequilibraram a concentração química de alguns isótopos na atmosfera.[2][3] Esses isótopos, como o carbono-14, por sua vez, são analisados em pesquisas científicas que determinam da idade de restos arqueológicos e fósseis, como esqueletos de animais e restos vegetais.[1]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Professora Manuka (agosto de 2016). «O que significa a expressão antes do presente (AP)?». Professora Manuka. Consultado em 10 de julho de 2019 
  2. Taylor RE (1985). «The beginnings of radiocarbon dating in American Antiquity: a historical perspective». American Antiquity. 50 (2): 309–325. doi:10.2307/280489 
  3. Dincauze, Dena (2000). «Measuring time with isotopes and magnetism». Environmental Archaeology: Principles and Practice. Cambridge, England: Cambridge University Press. p. 110. ISBN 978-0-5213-1077-2 
  Este artigo sobre arqueologia ou arqueólogos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.