Antonio Cánovas del Castillo

Antonio Cánovas del Castillo (Málaga, 8 de fevereiro de 1828Guipúscoa, 8 de agosto de 1897) foi um político da Espanha. Foi o fundador do Partido Liberal-Conservador e ocupou o lugar de presidente do governo de Espanha. Foi assassinado em 1897 pelo anarquista italiano Michele Angiolillo.

Antonio Cánovas del Castillo
Antonio Cánovas del Castillo
Presidente do governo da Espanha
Período 1º - 1874 a 1875

2º - 1875 a 1879
3º - 1879 a 1881
4º - 1884 a 1885
5º - 1890 a 1892
6º - 1895 a 1897

Dados pessoais
Nascimento 8 de fevereiro de 1828
Málaga
Morte 8 de agosto de 1897 (69 anos)
Guipúzcoa
Partido Unión Liberal, depois Partido Conservador
Profissão Historiador e diplomata
linkWP:PPO#Espanha
Mausoléu de Antonio Cánovas en Madrid
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Ver tambémEditar

Precedido por
Práxedes Mateo Sagasta
Presidentes do governo de Espanha
1874 - 1875
Sucedido por
Joaquín Jovellar Soler
Precedido por
Joaquín Jovellar Soler
Presidentes do governo de Espanha
1875 - 1879
Sucedido por
Arsenio Martínez-Campos Antón
Precedido por
Arsenio Martínez-Campos Antón
Presidentes do governo de Espanha
1879 - 1881
Sucedido por
Práxedes Mateo Sagasta
Precedido por
José de Posada Herrera
Presidentes do governo de Espanha
1884 - 1885
Sucedido por
Práxedes Mateo Sagasta
Precedido por
Práxedes Mateo Sagasta
Presidentes do governo de Espanha
1890 - 1892
Sucedido por
Práxedes Mateo Sagasta
Precedido por
Práxedes Mateo Sagasta
Presidentes do governo de Espanha
1895 - 1897
Sucedido por
Marcelo Azcarraga Palmero
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Antonio Cánovas del Castillo