Abrir menu principal
Antonio Genovesi
Nascimento 1 de novembro de 1713
Castiglione del Genovesi
Morte 22 de setembro de 1769 (55 anos)
Nápoles
Ocupação economista, filósofo, professor universitário
Empregador Universidade de Nápoles Federico II
Religião Igreja Católica

Antonio Genovesi (Castiglione, 1 de novembro de 171222 de setembro de 1769) foi um escritor de filosofia e política econômica italiano. Nascido em Castiglione, perto de Salermo, aparece com frequência referido em língua portuguesa como António Genuense ou simplesmente Genuense.[1]

BiografiaEditar

Suas primeiras obras foram Elementa Metaphysicae (1743) e Logica (1845). O primeiro é dividido em ontosofia, cosmosofia, teosofia, psicosofia, complementado por um tratado sobre a ética e uma dissertação sobre a primeira causa. Logica, de um trabalho eminentemente prático, escrito sob o ponto de vista de John Locke, lida, em cinco partes, com:

  1. a natureza da mente humana, suas faculdades e operações;
  2. idéias e seus tipos;
  3. a verdade e a mentira, e vários graus do conhecimento;
  4. raciocínio e argumentação;
  5. método e ordenação do pensamento.
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Notas