Abrir menu principal
Apião
Nascimento 20 a.C.
Oásis de Siuá
Morte 45 (64 anos)
Roma
Ocupação escritor

Apião (Oásis de Siuá, c. 20 a.C.Roma, c. 4548 d.C.) foi um gramático, sofista e estudioso de Homero greco-egípcio. Nasceu no oásis de Siuá, no Egito e viveu na primeira metade do século I.

Estudou em Alexandria e dirigiu uma delegação enviada a Calígula em 38 pelos alexandrinos para se queixar dos judeus e dos privilégios que lhes concederam em Alexandria. As suas acusações foram respondidas por Flávio Josefo na obra Contra Apião. Assentou-se em Roma e ensinou retórica até o reinado de Cláudio.

Apião era um homem muito trabalhador e de muita erudição, mas extremamente vaidoso. Escreveu várias obras, nenhuma das quais perdurou. A conhecida história Androclo e o Leão, preservada por Aulo Gélio, pertence aos seus trabalhos. Fragmentos das suas obras aparecem em Etymologicum Gudianum.[1]

Referências

  1. ed. Sturz, 1818

Este artigo incorpora texto (em inglês) da Encyclopædia Britannica (11.ª edição), publicação em domínio público.

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em castelhano, cujo título é «Apión».
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Apião