Apple Pippin

Disambig grey.svg Nota: Para o musical da Broadway, veja Pippin.
Apple Bandai Pippin
Pippin-Atmark-Console-Set.jpg
Apple Pippin e o seu controle sem fio
Fabricante Apple Inc.
Tipo Console de videogame
Geração 5ª geração
Lançamento 1995
Descontinuado 1996
Unidades
vendidas
42.000
Mídia CD-ROM
CPU PowerPC 306 RISC a 36 MHz
Capacidade de
armazenamento
Memória flash: 64 KB
Gráficos "taos" (VGA/4-bit)
Controladores 1 a 2 gamepads (trackball embutido)
Conectividade Modem 10,2kbps
Serviços
on-line
APPNet/@World
Antecessor Nenhum
Sucessor Nenhum

Apple Bandai Pippin foi um console de videogame produzido pela Apple Computer nos anos 1990 que foi um fracasso devido à pouca quantidade de jogos publicados e ao grande número de consoles que eram vendidos com defeitos de fábrica.[carece de fontes?]

HistóriaEditar

A Apple nunca pretendeu lançar o Pippin por conta própria. Em vez disso, destinou a licenciar a tecnologia para terceiros. A Bandai estava olhando para entrar no mercado de consoles de videogames, e escolheu o Pippin como sua plataforma. Muito mais tarde Katz Media também entrou em produção, e planejava usar a plataforma como um PC de baixo custo com conexão a web .

Até o momento o Apple Bandai Pippin foi lançado (1995 em Japão, 1996, no Estados Unidos), O mercado era dominado pela Sega Saturn, PlayStation e Nintendo 64. Além disso, poucos jogos foram lançados para a plataforma do Pippin, o único editor importante de jogos foi a Bandai. O Pippin custou nos Estados Unidos da América $599 no lançamento.

Foram fabricados aproximadamente 100.000 Pippins e vendeu-se um total de 42.000 unidades[1].

Em maio de 2006, o Pippin foi colocado em 22º lugar na Lista dos "piores produtos de todos os tempos" pela PC World Magazine's[2] e em 2009 a ScrewAttack.com classificou-o em 10º no seu Top 10º dos "Piores video-games".

Especificações técnicasEditar

HardwareEditar

 
Foto do Atmark Pippin PCB.
  • Microprocessador PowerPC 603 RISC @ 66 MHz
    • Superescalar, três instruções por ciclo de clock
    • 8 KB de dados e 8 KB de caches de instrução
    • Unidade de Ponto Flutuante (FPU) de precisão simples e dupla seguindo o padrão IEEE
  • 5 MB de memória de sistema e vídeo combinadas, arquitetura avançada
    • Expansão de memória com cartões incrementais de 2, 4, 8, e 16 MB .
  • Espaço de armazenamento acessível de 128 K SRAM (Memória Flash).
  • Unidade de CD-ROM 4x
  • Duas portas seriais de alta velocidade, uma delas pronta para GeoPort, a outra para LocalTalk
  • Slot de expansão compatível com PCI
  • Duas entradas ADB "AppleJack" emborrachadas
    • Suporta até quatro jogadores simultâneos através do Apple Desktop Bus (ADB)
    • Suporta teclados e mouses padrão ADB usando adaptadores mecânicos

VídeoEditar

  • Suporte para vídeo em 8 e 16 bits
  • Buffers de quadro duplo para animação quadro à quadro superior
  • Suporte para monitores NTSC e PAL vídeo composto, S-Video e VGA (640x480)
  • Convolução horizontal e vertical de vídeo

ÁudioEditar

  • Stereo 16-bit 44 kHz sampled output
  • Stereo 16-bit 44 kHz sampled input
  • Saída de fone de ouvido com controle de volume individual
  • Compatibilidade com CDs de áudio

Software de SistemaEditar

 
Foto da placa de firmware.
  • 3 MB de ROM versão 7.7.D (número da versão das placas de ROM são: desenvolvimento 1.1, 1.2; produção 1.3).
  • Ambiente de execução derivado do System 7, System 7.5.2 (se usado, Enabler 1.1).
  • Versão nativa do QuickDraw para PowerPC
  • Espaço de memória do sistema reduzido (maior parte das funções das extensões removidas).
  • Software de Sistema no Disco estampado no CD-ROM com título
  • Sistema inicia a partir do CD-ROM por padrão (mas pode iniciar a partir de qualquer dispositivo SCSI).
  • Atualizações do Software do Sistema Pippin lançadas através de operações de estampagem de CD-ROM
  • Emulador de 68k.
  • Macintosh Toolbox intacto.

JogosEditar

Em todos os sentidos do Pippin é um Macintosh. A maioria dos softwares do Pippin são executados no Mac OS Classic (poucos vão trabalhar com o Mac OS 9). Um terceiro CD inicializável chamado de Pippin Netscape que teve a interface gráfica do Macintosh (Enabler 1,1), mas foi destituído de muitas das extensões e painéis de controle encontrados em Macs. Pelo menos um título japonês ('Ultraman') que existia poderia funcionar em Pippin, Mac e Windows.

Pippin CDs foram criados em um Macintosh ou um Pippin com uma unidade de CD SCSI externo ligado (para a funcionalidade de teste). Uma vez que a versão final do software estava pronta, uma soma de verificação do CD foi enviado para a Apple e assinado com a chave privada da Apple. A soma de verificação assinado foi aplicado para o CD mestre de ouro que estava a ser pressionado e liberado ao público. O Pippin, durante o seu processo de inicialização, iria gerar um checksum do CD e compará-lo com o que foi assinado com a chave privada da Apple. Só se as somas seriam comparadas com êxito o processo de inicialização continuará.

Títulos de jogos japonesesEditar

Pouquíssimos títulos foram produzidos para a versão japonesa. Embora alguns títulos prometidos podem não ter sido liberados, o número que foi lançado é menor do que 80 títulos.

Títulos de jogos americanosEditar

Quando Bandai lançou a versão americana tinha apenas 18 títulos vendidos separadamente, e seis CDs vieram com o Pippin.

AcessóriosEditar

 
Um controle AppleJack.
 
Modem do Apple Pippin.
  • AppleJack controle
  • AppleJack Wireless (IR) controle
  • Teclado Pippin com um tablet de desenho
  • Pippin modem (14.4, 28.8, 33.6kbit/s)
  • Pippin memory (2, 4, 8, 16MB)
  • Pippin Floppy Dock
  • Pippin MO 256MB disco óptico
  • Pippin ADB adapter (Para conexão de dispositivos Macintosh para Pippin)
  • AppleJack to Macintosh (ADB) adaptador (para a conexão de dispositivos Pippin para Macintosh)

Ver tambémEditar


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Categoria no Commons

Referências

  1. «The 10 Worst-Selling Consoles of All Time (page 2 of 2) Feature on GamePro.com». web.archive.org. 8 de maio de 2007. Consultado em 27 de fevereiro de 2020 
  2. «The 25 Worst Tech Products of All Time». PCWorld (em inglês). 26 de maio de 2006. Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
  Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.