Armando Mango

Advogado

Armando Mango é um advogado e político guineense antigo Ministro da Guiné Bissau.[1]

Armando Mango
Cidadania Guiné Bissau
Alma mater Universidade de Coimbra
Ocupação político e advogado
Filiação Assembleia do povo Unido - Partido Democrático da Guiné-Bissau


BiografiaEditar

Formou-se em Direito com especialização na área de Jurídico/Económica (Direitos das Empresas) pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Advogado de Profissão e membro da Comissão Nacional de OHADA. Foi diretor das Alfândegas de Bissau e Coordenador de todas as Delegações Aduaneiras, entre 1997-1999. Bastonário da Ordem dos Advogados da Guiné-Bissau, entre 2004/2012. Mandatário Nacional do candidato independente às eleições presidenciais,  Henrique Pereira Rosa, em 2009. Mandatário Nacional do candidato independente às presidenciais, Eng. Nuno Gomes Nabian. Membro fundador da APU-PDGB e segundo vice-presidente do partido. Eleito deputado da Nação para a décima legislatura nas eleições legislativas de março de 2019. Foi Ministro da Presidência do Conselho de Ministros do Governo de Aristides Gomes.[2][3]

ReferênciasEditar

  1. «SUSPENSO». www.radiojovem.info. Consultado em 25 de junho de 2020 
  2. «X Legislatura: CONHEÇA O PERFIL ACADÉMICO E POLÍTICO DOS MEMBROS DO GOVERNO DE ARISTIDES GOMES». O Democrata GB. Consultado em 25 de junho de 2020 
  3. Neumann (5 de agosto de 2019). «Guiné-Bissau: Armando Mango defende ruptura com tendências retrógradas do tribalismo e regionalismo». e-Global. Consultado em 25 de junho de 2020